Zilu Godoi volta a vender cosméticos e sofre crítica de internauta

A socialite buscou uma nova profissão

Sabe aquele velho ditado: ‘O trabalho dignifica o homem’? Então, ele pode ser aplicado perfeitamente ao atual momento de Zilu Godoi, ex-mulher do cantor Zezé Di Camargo. Não está entendendo? Calma, que a gente explica. Mesmo ganhando uma pensão de R$ 100 mil por mês, a mãe de Wanessa agora se tornou a mais nova representante de uma empresa de venda direta de cosméticos anti-idade no país. Até ai tudo bem, mas, logo após publicar uma foto em suas redes sociais, em que aparece em seu escritório, de frente para o computador, a mãe de Wanessa Camargo recebeu uma chuva de críticas, que ele respondeu à altura.

“O trabalho dignifica o homem! Qualquer que seja sua profissão, com formação acadêmica ou não, faça com hombridade, com respeito, com seriedade, com compromisso e, principalmente, faça com amor! Não seja leviano com a única coisa que lhe pertence verdadeiramente, sua vida! Diz um dito que fala: ‘cabeça vazia, oficina do Diabo!’, e tenho que concordar! Nada é mais infértil do que uma vida vazia, sem ocupação”, desabafou ela em sua conta no Facebook.

Zilu Godoi trabalhando
Zilu Godoi trabalhando

A empresária, que tem usado a internet como forma de divulgação de sua nova empreitada, ainda defendeu as mulheres que trabalham em casa. “Sem ocupação! Seja você do lar, onde muitos julgam uma ‘dona de casa’ como se ela fosse ‘à toa’, quando na verdade, muitas dessas pessoas ‘ocupadas’ empregam suas domésticas, justamente para se ‘livrarem’ dos seus afazeres domésticos. Não se envergonhe de exercer sua profissão, seja ela qual for! Seja doméstica, seja médica, dentista, empresária, pedreiro, porteiro, babá, advogada, manobrista de carros, revendedor de cosméticos, manicure, enfermeira, seja o quiser”, continuou.

Recentemente, a Zilu Godoi se tornou consultora da marca Jeunesse Global e, para alavancar as vendas, ela garante que usa os produtos que revende. Mas não pense que os cremes são baratinhos, não. Os conjuntos que a empresária e socialite tem divulgados em suas redes sociais podem custar mais de R$ 400.

Fonte: iG
logomarca do portal meionorte..com