Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

“Turma da Mônica - Lições” divulga primeira cena na CCXP Worlds

Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão cometem um erro na escola. Agora, terão que encarar as suas consequências, e elas não serão poucas.

“Turma da Mônica - Lições” divulga primeira cena na CCXP Worlds
Turma da Mônica | Serendipity Inc
Compartilhe

Crédito: Serendipity Inc

Durante o painel da Mauricio de Sousa Produções na CCXP Worlds, que aconteceu neste sábado, na Thunder Arena, Mauricio de Sousa anunciou a primeira cena de “Turma da Mônica – Lições”, confira: https://www.youtube.com/watch?v=gKVrpKGznEU&feature=youtu.be. Mais uma vez a CCXP revela em primeira mão as novidades dos filmes da turminha. O primeiro longa live-action, “Turma da Mônica – Laços”, que levou mais de 2 milhões de espectadores ao cinema, marcou as edições do festival de cultura pop em 2018 e 2019. “Turma da Mônica – Lições” tem direção de Daniel Rezende, responsável pelo longa “Bingo, o Rei das Manhãs” e pela série vencedora do Emmy “Ninguém Tá Olhando”.  

Na cena, Mônica (Giulia Benite), Cebolinha (Kevin Vechiatto), Magali (Laura Rauseo) e Cascão (Gabriel Moreira) estão em apuros. Depois de se esquecerem de fazer o dever de casa, decidem fugir da escola, mas algo sai errado. Na adaptação da graphic novel homônima, escrita e desenhada pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi, os quatro amigos do Bairro do Limoeiro precisam descobrir os desafios da passagem da infância para a adolescência.  

A fuga da turminha foi rodada no Colégio Municipal Dr. José Vargas de Souza, em Poços de Caldas, Minas Gerais. Além dos atores-mirins também seguem no elenco Monica Iozzi, como Dona Luísa, mãe da Mônica, e Paulo Vilhena, vivendo Seu Cebola, o pai do Cebolinha. O filme conta com as participações de Malu Mader, como a professora de Mônica, e Isabelle Drummond, interpretando a jovem Tina.  

A produção é da Biônica Filmes, em coprodução com Mauricio de Sousa Produções, Paris Entretenimento, Paramount Pictures e Globo Filmes. A Paris Filmes e a Downtown Filmes assinam a distribuição. A estreia do filme está prevista para 2021. 

Sinopse:  

Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão cometem um erro na escola. Agora, terão que encarar as suas consequências, e elas não serão poucas. Nesta nova jornada, a turma descobrirá o real valor e sentido da palavra amizade.  

Elenco:  

Giulia Benite (Mônica), Kevin Vechiatto (Cebolinha), Laura Rauseo (Magali), Gabriel Moreira (Cascão), Monica Iozzi (Dona Luísa), Paulo Vilhena (Seu Cebola), Fafá Rennó (Dona Cebola).  

Participações especiais:  

Malu Mader  

Isabelle Drumond  

Ficha técnica:  

Produção: Biônica Filmes    

Coprodução: Mauricio de Sousa Produções, Paris Entretenimento, Paramount Pictures e Globo Filmes.  

Produção Associada: Quintal Digital, Latina Estúdio e Rosane Svartman  

Distribuição: Paris Filmes e Downtown Filmes   

Direção: Daniel Rezende   

Produção: Bianca Villar, Fernando Fraiha, Karen Castanho e Daniel Rezende   

Baseado na Obra de Mauricio de Sousa Inspirado na Graphic Novel "Lições” de Vitor Cafaggi e Lu Cafaggi   

Roteiro: Mariana Zatz e Thiago Dottori    

Produção de Elenco: Luciano Baldan   

Produção Executiva: Bianca Villar   

Direção de Fotografia: Azul Serra   

Direção de Arte: Mariana Falvo   

Figurino: Fernanda Marques e Manuela Mello  

Caracterização: Gabi Britzki    

Som direto: Jorge Rezende   

Daniel Rezende | Diretor  

Daniel Rezende alcançou mais de 2 milhões de espectadores nos cinemas com o filme Turma da Mônica – Laços, primeira adaptação em live-action dos personagens de Mauricio de Sousa, lançado em 2019. O longa conquistou o prêmio de Melhor Longa-Metragem Infantil no Grande Prêmio de Cinema Brasileiro. No streaming, estreou na função de showrunner, criando e dirigindo a série Ninguém tá olhando, lançada na Netflix. A série conquistou o prêmio de Melhor Série de Comédia no 48º Prêmio Emmy Internacional. Daniel Rezende começou a carreira de diretor em 2016, com o longa Bingo – O rei das manhãs. Aclamada por público e crítica, a comédia foi escolhida para representar o Brasil no Oscar em 2017, e venceu sete categorias no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, incluindo Melhor filme e direção. Assinou também a direção das séries Fora de Controle, para a TV Record; O Homem da Sua Vida, para a HBO; e alguns episódios de O Mecanismo, para a Netflix.  

A experiência no cinema foi adquirida na edição. Seu primeiro longa-metragem como montador, no aclamado Cidade de Deus (2002), lhe rendeu o BAFTA de melhor edição e uma indicação ao Oscar na categoria em 2003. Dali em diante, traçou uma consagrada carreira como montador, assinando a edição dos principais filmes brasileiros dos últimos anos: Diários de Motocicleta (2004), O ano em que meus pais saíram de férias (2006), Tropa de Elite (2007) e Tropa de Elite 2 – O inimigo agora é outro (2010). No exterior, foi um dos montadores de A Árvore da Vida (2011), Palma de Ouro no Festival de Cannes; e de Robocop (2014), de José Padilha, com quem já havia trabalhado nos dois Tropa de Elite. Ano que vem ele lança Turma da Mônica – Lições, continuação da franquia com produção da Biônica Filmes.   



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar