Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Laís Ribeiro celebra 10 anos de carreira internacional

Ela estreia programa na TV, é a queridinha de estilistas como Jean Paul Gaultier e acumula trabalhos para marcas de luxo como Tom Ford, Balmain, Chanel, Louis Vitton

Compartilhe

Atualmente, modelo piauiense é a única brasileira Angel da Victoria´s Secret

Por Rivanildo Feitosa

Para o +Mais

O céu é o limite para quem sonha e acredita. E sonhos são com ela mesma, a piauiense Laís Ribeiro, 29 anos, hoje uma das mais badaladas e disputadas modelos brasileiras no mundo internacional da moda. Angel da Victória’s Secret desde 2011, a piauiense de Miguel Alves (cidade localizada há 112 quilômetros de Teresina), é um exemplo de luta, conquistas, graciosidade e charme da típica mulher brasileira, ao longo de suas medidas longínquas e cheias de curvas (desenhadas pela natureza) - 1,82 de altura, 54 quilos, 80 centímetros de busto, 60 de cintura e 90 de quadril.

Laís é a primeira modelo negra brasileira a brilhar no cenário da moda internacional e usar as asinhas tão séries da maison de lingerie. É a queridinha de estilistas como Jean Paul Gaultier, para quem foi destaque em desfile de  comemoração de 50 anos do icônico nome da moda francesa. A bela acumula trabalhos para marcas de luxo como Tom Ford, Balmain, Chanel, Louis Vitton, além de ser capa das principais revistas do mundo.


No dia 13 de agosto, ela estreia na TV com o reality show Born To Fashion

Direto de Los Angeles, onde está há cinco meses em isolamento ao lado do filho Alexandre (11 anos) e do noivo, o jogador de basquete Joakim Noah (que já esteve no Piauí visitando a família da musa), a bela foi  uma das presenças ilustres do Inside TV,  na terça-feira, e também concedeu esse bate-papo exclusivo para o Jornal Meio Norte.

Para o jornalista, que também a entrevistou em dezembro para a revista RF Anuário (que será lançada no início do próximo ano em sua terra natal - pela primeira vez), ela falou de projetos, família, Piauí, aprendizados na pandemia e inclusão social na moda - ela estreia no próximo dia 13 de agosto o reality show Born To Fashion, no Canal E!, um reality que escolherá uma modelo trans para contrato de um ano com a agência Joy Model e capa digital de renomada revista de moda.

Sobre o reality, que estreia nesta semana, a supermodel antecipa “tem que assistir porque estarão ao meu lado algumas das mulheres mais inspiradoras que eu tive a honra de conhecer. Todas elas participam de dinâmicas diversas e, vê-las desabrochar na profissão, é algo realmente transformador e que tem o poder de abrir a cabeça das pessoas”.


“"Acredito que o sucesso é você seguir consciente de seu papel todos os dias, dar o melhor de si, e não acreditar que já cruzou a 'linha de chegada', mas sim continuar batalhando como se fosse sempre o primeiro dia""

Laís Ribeiro

RF - Com o adiamento do carnaval no país, em respeito às vítimas, onde pretende passar a festa, já que você é um dos símbolos do carnaval da Sapucaí?

Laís Ribeiro - Ainda é cedo para responder esta pergunta. Meu foco agora é que, até lá, já exista alguma forma de conter esta pandemia e resguardar as vidas das pessoas.


RF - Por que assistir ao reality show com Laís Ribeiro?

Laís Ribeiro - Porque estarão ao meu lado algumas das mulheres mais inspiradoras que eu tive a honra de conhecer. Todas elas participam de dinâmicas diversas e, vê-las desabrochar na profissão, é algo realmente transformador e que tem o poder de abrir a cabeça das pessoas.


RF- E o retorno ao trabalho, como está sendo, o que vem pela frente?

Laís Ribeiro - O mercado da moda tem encontrado algumas formas criativas para criar, respeitando o isolamento. Há sessões de foto à distância, por vídeo-chamada, por exemplo, então acredito que a criatividade esteja contribuindo para que o mercado volte a criar, sem deixar de lado a importância do distanciamento para resguardar a saúde das pessoas. É um momento de reciclagem e de buscar novos rumos.


RF - Como está sendo esse período para você?

Laís Ribeiro - É um momento muito desafiador. Se distanciar e não poder estar com pessoas que são importantes nas nossas vidas não foi fácil, mas precisamos ser gratos todos os dias porque há muitas pessoas passando por problemas muito maiores. Me entristece muito ver as pessoas perdendo seus entes queridos, perdendo seus empregos e suas liberdades, então foi um momento de me conectar, mesmo que à distância, e poder ajudar quem precisa. Tenho procurado me resguardar com minha família em isolamento, e remotamente tenho ajudado algumas pessoas que estão vulneráveis neste momento.


RF - Laís, para você, que é parece bastante tranquila, quais as lições da pandemia. Como você está usando esse tempo e quais seus dicas?

Laís Ribeiro - Eu acredito que a pandemia nos deixará muitos aprendizados, depois de tantos desafios que estamos enfrentando. É um momento importante para revermos tudo o que damos valor, e assim podermos focar naquilo que realmente faz diferença nas nossa vidas. Usar seu tempo à seu favor, valorizar quem você ama e pensar no coletivo, são pensamentos mais do que necessários. Uma dica para assistir na pandemia? Born to Fashion! (risos) A estreia acontece no próximo dia 13 de Agosto, às 22h, no canal E!.


RF - Como você lida com a fama x simplicidade como mantém sua vida?

Laís Ribeiro - Eu dou muito valor às coisas simples da vida, como por exemplo acordar com um abraço do meu filho, estar perto da natureza e dar boas risadas com meus amigos. Sou muito grata por tudo o que conquistei, e isso faz com que eu nunca esqueça de onde vim e o quanto lutei. A fama faz parte do trabalho na moda, mas não é algo que você deve se apegar. Minhas raízes é que são a minha base.


RF - Em tempos de artistas e celebridades engajados, qual a sua missão como influenciadora de quase 2 milhões de seguidores?

Laís Ribeiro - Eu acredito que todos nós temos responsabilidade em nos engajarmos em causas que possam transformar o mundo de algum forma. Se cada um de nós fizer uma parte, imagine só o como teremos uma possibilidade de fazer uma transformação positiva e poderosa. Algumas questões que motivam são as ligadas aos direitos humanos, como a luta antirracista e pela igualdade. Ter amigas transgênero também me motivou a engrossar o coro nesta luta, então eu acredito que a força da aliança entre as pessoas em prol de um mundo mais justo seja o que mais precisamos em momentos como o que vivemos.


RF - Qual a importância da maternidade em sua vida?

Laís Ribeiro - Ser mãe é uma das coisas mais maravilhosas que eu pude vivenciar. Meu filho é o que me move e me impulsiona para seguir em frente, todos os dias. Sem dúvidas, ser mãe me faz evoluir, me faz buscar ser sempre alguém melhor e que se preocupa com o futuro, com os próximos e com o planeta (Alexandre tem 12 anos e tem inspirado a mãe em linda campanha sobre conscientização do autismo).


RF - É fácil ser Lais Ribeiro?

Laís Ribeiro - Eu procuro manter uma rotina completamente normal, conectada às minhas raízes, próxima da minha família e dos meus amigos, e enxergo a moda e as passarelas como meu trabalho. Independente da profissão que você exerça, não há nada de diferente entre qualquer ser humano. Somos todos de carne e osso, todos vivemos desafios, adversidades e alegrias.


RF - Como é ser exemplo de mulher para meninas que sonham com o sucesso nas passarelas e na moda? Que dicas você daria para as meninas que vêem você como inspiração de vida?

Laís Ribeiro - Eu procuro dar o meu melhor, e sempre levantar questões que sejam construtivas. Acho que é muito importante usar a voz e o espaço que temos nesta carreira para algum bem maior e para defender questões universais. É uma grande responsabilidade, então o melhor que podemos fazer é buscar dar bons exemplos e incentivar quem nos acompanha a seguir um caminho que seja positivo e que deixe algum bom legado.


RF - Você é um exemplo de superação. Como é chegar ao sucesso?

Laís Ribeiro - Obrigada! Eu procuro me focar na rotina e nos desafios que surgem todos os dias. O importante é viver a caminhada, e não se deixar acomodar. Eu acredito que o sucesso é você seguir consciente de seu papel todos os dias, dar o melhor de si, e não acreditar que já cruzou a "linha de chegada", mas sim continuar batalhando como se fosse sempre o primeiro dia.


RF - Como foi o trabalho com os participantes do reality show?

Laís Ribeiro - O time envolvido na produção foi muito profissional, empenhado em criar um programa de qualidade. Estamos falando sobre um tema de extrema importância, que é o respeito à diversidade e a inclusão das mulheres trans, então todos se empenharam para que estes temas chegassem ao público através de debates didáticos, conteúdo de qualidade e respeito à diversidade. Mantenho contato com as participantes até hoje e aprendi muito com todas elas. São pessoas que realmente me inspiraram e que quero ter sempre por perto.


RF- Depois de tudo gravado, qual a expectativa para essa nova etapa na carreira ganhar vida e cores na televisão?

Laís Ribeiro - Eu estou muito ansiosa para a estreia do programa. Foi um projeto onde entrei de corpo e alma, gravando durante semanas, de manhã até altas horas da noite. É um projeto feito com muito carinho, e que tem um objetivo tão nobre, que é o combate ao preconceito e abrir portas e dar oportunidades de trabalho às mulheres transgênero. Estou muito animada e espero que seja uma plataforma importante para essas mulheres tão talentosas.


RF - E o projeto da TV, como foi a experiencia desse novo desafio - o Born to Fashion?

Laís Ribeiro - Tive a honra de conviver com mulheres inspiradoras e fortes, e conhecer um pouco mais sobre a jornada de cada uma delas. Foi muito especial, uma experiência transformadora e que me enche de alegria poder fazer parte. É um projeto que procura abrir portas e combater preconceitos, então tem um significado muito forte fazer parte deste programa e abraçar esta causa. A experiência na TV também foi muito especial, um novo desafio que me fez explorar novos formatos, e por isso só tenho a agradecer a todos que fazem parte deste time.


Rivanildo Feitosa: São 10 anos de carreira, quais as principais conquistas a comemorar?

Laís Ribeiro - Eu sou muito grata por todo o caminho que percorri e cada conquista tem um lugar especial nessa caminhada. Sem dúvidas, foi muito gratificante e me sinto honrada por representar o Brasil como Angel da Victoria's Secret e a ocasião quando fui eleita para desfilar com o Fantasy Bra ficará para sempre na minha memória. Os desfiles para o Jean Paul Gaultier também foram muito marcantes, especialmente quando ele me convidou para dançar salsa na passarela.  Mais recentemente, o programa que gravei para o canal E!, o Born to Fashion, foi uma experiência especial e que me encheu de alegria.


Curtiu? Compartilhe com seus amigos
Compartilhe

Meio Norte © 2020. Todos os direitos reservados

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar