Abalado com lesão, Montillo pede para sair do Botafogo

Clube aceitou o pedido e abriu mão do jogador

Chegou ao fim, nesta quarta-feira (28), a relação entre Montillo e Botafogo. Pouco mais de seis meses após se unirem cercados de expectativa, as partes se reuniram na sede de General Severiano para selar o acordo. Um divórcio amigável, mas que não deixa de ser frustrante.

Além do jogador e do empresário Sérgio Irigoitia, o encontro contou com a cúpula do futebol alvinegro. Fora do Rio de Janeiro, o presidente Carlos Eduardo Pereira não participou. Muito abalado com mais uma lesão muscular, a quinta em sua curta passagem pelo clube, o argentino confidenciou à diretoria que não se sente no momento capaz de ajudar.

Jogador só fez um gol pelo alvinegro (Crédito: Reprodução )
Jogador só fez um gol pelo alvinegro (Crédito: Reprodução )

Montillo voltou a sentir a panturrilha aos sete minutos da derrota para o Avaí, na segunda-feira. Era a primeira oportunidade como titular após quase três meses.

Montillo foi ao Estádio Nilton Santos na manhã deste quarta-feira e se despediu dos companheiros. Na saída, passou na Loja Oficial do clube e comprou dez camisas do clube. Na saída, disse que seu empresário as buscaria no sábado.

"Não estarei mais aqui", confidenciou.

Os detalhes da rescisão ainda não foram acertados, mas a tendência é que o Botafogo apenas pare de pagar os salários do argentino. Ele tinha acordo até o fim do ano.

Desde a antepenúltima lesão, em 2 de abril, contra o Resende, o argentino se mostrava muito incomodado com a situação. A pessoas próximas relatavas nunca ter enfrentado tantos problemas físicos.

Fonte: Com informações do Globoesporte.com
logomarca do portal meionorte..com