Ameaçado de prisão, presidente da CBF não sabe se vai à Copa

Marco Polo Del Nero deu uma breve entrevista coletiva.

Nesta terça-feira (24/10), durante o 3º Simpósio de Educação Continuada da Comissão Nacional de Médicos do Futebol (CNMF), o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, deu uma breve entrevista coletiva e mostrou-se reticente quando questionado se estará presente na Copa da Rússia. Desde maio de 2015, quando seu antecessor José Maria Marín foi preso na Suíça - depois extraditado para os Estados Unidos, onde aguarda o julgamento marcado para 6 de novembro em prisão domiciliar - Del Nero não deixa o Brasil.

Del Nero negou que tenha pedido passaporte diplomático para ir à competição e, por causa de dificuldades de implementação, praticamente descartou árbitro de vídeo na edição 2017 do Campeonato Brasileiro.

“Eu não pedi passaporte (diplomático) em lugar algum, tenho o meu passaporte, está em ordem. Têm jornalistas que são folclóricos. Você sabe que está tão bom o Brasil ganhando e eu aqui que estou pensando (se vou à Copa). Se o Brasil perder vão dizer que sou pé-frio. Estou avaliando, sim. Todo dia a gente faz uma avaliação da nossa vida, do nosso trabalho, das nossas avaliações”, afirmou Del Nero.


Fonte: Com informações do Globoesporte.com
logomarca do portal meionorte..com