Após 19 anos, Brasil volta a ter jogador mais caro da história

Denilson foi o mais caro do mundo em 1998

A confirmação feita pelo Barcelona de que o Paris Saint-Germain pagou os 222 milhões de euros (R$ 821 milhões) para contratar Neymar recolocou o Brasil como "dono" do jogador mais caro da história.

O atacante ex-Santos custou mais do que o dobro do agora segundo colocado, Paul Pogba, que na última temporada trocou a Juventus pelo Manchester United por 105 milhões de euros (R$ 388 milhões em valores atuais).

Neymar, assim, quebra uma escrita de 19 anos. Afinal, o último brasileiro "mais caro da história" havia sido Denilson.

Denilson foi o mais caro do mundo em 1998 (Crédito: Reprodução)
Denilson foi o mais caro do mundo em 1998 (Crédito: Reprodução)

Em 1998, o pentacampeão mundial deixou o São Paulo rumo ao Betis, da Espanha, por 27,4 milhões de euros à época. No ano seguinte, o recorde foi pulverizado por Christian Vieri, que foi da Lazio para a Internazionale de Milão por incríveis 49 milhões de euros.

Denilson, por sinal, não foi o primeiro brasileiro a conseguir o feito.

Ronaldo, por duas vezes, carregou a "pressão" de ser o mais caro jogador de todos os tempos. Primeiro, quando deixou o PSV para ir ao Barcelona em 1996 por 14,6 milhões de euros; depois, trocando os catalães pela Inter por 21,5 milhões de euros já na temporada seguinte.

Neymar, agora, é um jogador de quase R$ 1 bilhão, com cinco anos de contrato, ganhando por cada um deles 30 milhões de euros.

Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com