Após suspensão, Flamengo estuda rescisão do contrato de Guerrero

Jogador foi suspenso por uma no pela Fifa

Paolo Guerrero segue com futuro incerto no Flamengo. Com a suspensão de um ano por doping dada pela Fifa ao atacante , o clube ainda não se decidiu sobre o que será feito, mas estuda uma suspensão de contrato, prevista na Lei Pelé.  O fato de o atacante receber R$ 2,5 milhões em luvas pode pesar na decisão. 

Além da suspensão, a Lei fala renovação automática de contrato pelo tempo em que o atleta ficará impedido de atuar pelo clube. Resumindo: caso a punição seja mantida e Guerrero fique um ano longe dos gramados, seu contrato seria suspenso durante este período e, automaticamente, poderia ser ampliado por mais uma temporada.

Paolo Guerrero (Crédito: Reprodução )
Paolo Guerrero (Crédito: Reprodução )

O contrato de Guerrero com o Flamengo vai até o dia 10 de agosto de 2018. O jogador ainda recebe luvas de R$ 2,5 milhões referentes a sua contratação, em 2015. Em contrato e no balancete trimestral do Fla, as luvas aparecem como direitos de imagem.

Após a punição, Guerrero e seus advogados recorrerão da decisão à Fifa e, caso ela seja mantida, o caminho será a Corte Arbitral do Esporte. O Flamengo acompanha o caso e continuará estudando a melhor decisão. 

Fonte: Com informações do Lance!
logomarca do portal meionorte..com