Após tragédia, Chapecoense se ergue e celebra vaga na Libertadores

O resultado veio com sofrimento, em uma vitória de 2 a 1.

Um ano se passou, o choro e tristeza agora deram espaço para a comemoração e alegria. Após passar por um período de tragédia e problemas o time da Chapecoense se reergueu, deu a volta por cima e conseguiu conquistar a tão sonhada vaga na Libertadores de 2018. 

O resultado veio com sofrimento, em uma vitória de 2 a 1, de virada, sobre o Coritiba com direito a gol nos acréscimos, em um final de campeonato que talvez nem o melhor roteirista de Hollywood ousasse escrever.

“Foi um ano difícil e essa vaga na Libertadores é um título para nós. A emoção tomou conta. Foi bacana poder comemorar, se abraçar, se emocionar, chorar com todo povo de Chapecó. É uma alegria muito grande”, disse Jackson Follmann, sobrevivente do acidente, que teve parte da perna direita amputada.

“O que esse grupo fez é brincadeira. Chegaram desacreditados, nós mesmos tínhamos muitas dúvidas, mas a Chape contratou certo. A diretoria foi um pouco criticada, mas contratou jogadores que, mais do que vir a Chapecó ganhar dinheiro, vieram fazer história”, comemorou o zagueiro Neto, outro sobrevivente da tragédia.


Fonte: Com informações do Jornal Extra
logomarca do portal meionorte..com