Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Arena Corinthians terá reforço policial

Por causa de pandemia, Dérbi será sem público, mas autoridades temem deslocamentos

Arena Corinthians terá reforço policial
Arena Corinthians não poderá receber público no Dérbi | Bruno Cassucci
Compartilhe

A Polícia Militar de São Paulo pretende atuar com cerca de 100 policiais no entorno da Arena Corinthians, em Itaquera, onde nesta quarta-feira o Corinthians enfrenta o Palmeiras pela 11ª rodada do Campeonato Paulista, a primeira da retomada do torneio após a paralisação por causa da pandemia de Covid-19. Informações do site GloboEsportes.com

A partida, às 21h30 (de Brasília) terá transmissão da Globo, do Sportv e do Premiere.

Arena Corinthians não poderá receber público no Dérbi

O efetivo estará no local para dispersar eventuais aglomerações de torcedores que possam se deslocar até o estádio, apesar da proibição de público.

Mais sobre o clássico:

Haverá monitoramento e policiamento reforçado também nas estações do metrô que atendem a região de Itaquera. Para evitar confrontos, o comando da polícia se reuniu nesta semana com lideranças das principais torcidas organizadas de Corinthians e Palmeiras para que eles não estimulem a ida de torcedores à Arena.

O GloboEsporte.com faz nesta terça-feira, a partir das 19h, uma live do Dérbi. Cássio Barco apresenta o bate-papo, com comentários de PVC, Bruno Cassucci (setorista do Corinthians) e Fabricio Crepaldi (setorista do Palmeiras).

Órgãos como as subprefeituras da região e a vigilância sanitária também farão operações para evitar a presença de ambulantes e fiscalizar o funcionamento de bares, que têm horário restrito para abrir na cidade.

– Como é algo novo e não temos a certeza do que pode acontecer no entorno, vamos trabalhar de forma preventiva – afirmou o Tenente Coronel Ricardo Xavier, comandante do 2º Batalhão de Choque, responsável pela segurança de eventos esportivos em São Paulo.

Dentro do estádio, porém, a expectativa é de calmaria. O efetivo será o mínimo para a realização do jogo, com seis policiais.

Em casa, o Corinthians precisa vencer para manter as chances de classificação no Paulista. O time de Tiago Nunes é o terceiro colocado do Grupo D, com 11 pontos, cinco a menos do que o Guarani, a duas rodadas do fim da primeira fase. O Palmeiras é o segundo do Grupo B, com 19 pontos, três a mais do que o Novorizontino.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar