Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Acesse a versão para celular
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Atacante Suárez confia em virada do Barcelona sobre o PSG

Em desvantagem, time catalão precisa vencer por 5 gols

Atacante Suárez confia em virada do Barcelona sobre o PSG
suarez | divulgação
Compartilhe
Google Whatsapp

 O Barcelona tenta ser o primeiro time da história dos torneios europeus a reverter uma desvantagem de 4 a 0 em um confronto eliminatório. Após a goleada sofrida diante do Paris Saint-Germain, na França, o time catalão precisa vencer por cinco gols de diferença na volta, no Camp Nou, dia 8 de março, se quiser avançar às quartas de final da Liga dos Campeões. E apesar da tarefa quase impossível, Luis Suárez mantém a confiança.


"É complicado perder assim, e nas oitavas da Liga dos Campeões é difícil, mas acredito que esta equipe seja capaz de reverter a situação. Temos que nos convencer disso", declarou em evento na cidade de Barcelona. "Se queremos fazer história, esta é uma linda oportunidade. Dar a volta por cima é muito difícil, mas não podemos abaixar a guarda."

Nas 185 vezes que um time caiu por 4 a 0 no jogo de ida de um confronto eliminatório em torneios europeus, acabou eliminado. O Barcelona conta com alguns dos melhores jogadores do mundo e com um ataque mortal para buscar a façanha, e Suárez usa justamente o elemento histórico para tentar motivar seus companheiros.

"A mensagem é confiar em nós mesmos. Este time fez história, ganhou muitas coisas nos últimos anos. E se queremos fazer história como equipe, temos que dar a volta por cima nesta eliminatória. É um lindo desafio e queremos encará-lo. Se queremos entrar para a história do clube, devemos dar a volta por cima", afirmou.

Para Suárez, se algum time é capaz de buscar esta virada, este é o Barcelona. "Somos a melhor equipe do mundo", afirmou. "Primeiro, vamos ter que marcar gols. Somos conscientes de que não tivemos uma boa partida (em Paris), que somos obrigados a atacar, pressionar. Se marcamos dois gols nos primeiros 45 minutos, isto pode mudar nosso ânimo, como o da torcida. Precisamos de nossa torcida mais do que nunca."



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto