Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Aumenta antipatia internacional sobre Neymar, por conta de evento

Assessoria do craque desmentiu festa, mas jogador não

Aumenta antipatia internacional sobre Neymar, por conta de evento
imagem gazzetta dello sport festa neymar | Divulgação
Compartilhe

A bomba explodiu na coluna de Ancelmo Gois, em O Globo, e ninguém do estafe de Neymar se apressou em desmentir. Como cautela e canja de galinha não fazem mal, este blog esperou um pouco mais antes da publicação desta crítica.

Veio, então, um desmentido da assessoria no domingo à tarde, seguido por notas de informação com confirmações de presenças de artistas como Wesley Safadão e textos citando a Agência Fábrica, organizadora do evento, admitindo 150 convidados. Informações do site GloboEsportes.com

imagem gazzetta dello sport festa neymar

Neymar faz todo o tipo de ação por suas redes sociais. Mas não confirma, não desmente, não se manifesta sobre a festa nem sobre as razões de a estar promovendo.

Há relatos de moradores de Mangaratiba incomodados com o evento. A repercussão negativa não é apenas local. É internacional: "Buffera Neymar!" Numa tradução livre, seria a tempestade de Neymar.

Neymar jogou muito bem em 2020 depois de vir a Mangaratiba para se condicionar tecnicamente. Esteve perto de ganhar a Champions League. Jogou muito! E, mesmo assim, não angariou a simpatia de mais de sete eleitores para ser o melhor do mundo. Ficou em nono lugar, numa votação entre seus próprios colegas. Isto tem a ver com a imagem adolescente que Neymar faz questão de exaltar.

A Organização Mundial da Saúde indica que não deve haver reuniões com mais de dez pessoas. Neymar dá uma festa para 500... ou "apenas" 150! Seu cuidado na pandemia é evitar celulares, para que fotos não vazem.

Neymar pode ser o melhor do mundo, mas só do seu mundo à parte.

Se Neymar tem motivo para festejar, seria bom saber qual. Festejamos as 192 mil vídas perdidas? O prêmio de Lewandowski? Ou a antipatia internacional aparente pela matéria de La Gazzetta dello Sport?

Em outros tempos, publicações internacionais questionavam: "De que planeta você vem, Garrincha?"

Hoje, pergunta-se em que mundo vive Neymar.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar