Avaí vence o Atlético-PR por 1 a 0 e segue respirando no Brasileiro

Para o Atlético-PR, a derrota elimina oportunidade de G-7.

Um herói improvável para uma vitória que traz alívio. O Avaí venceu o Atlético-PR por 1 a 0, com gol de Maicon, e segue vivo para não ser rebaixado para a Série B do Brasileiro. Na ensolarada tarde de domingo em Florianópolis, o Leão da Ilha conquistou os três pontos (chegando aos 42) necessários para chegar na última rodada do Brasileirão com chances de deixar o Z-4. O Furacão, por outro lado, viu se extinguir as possibilidades de chegar na zona de classificação à Pré-Libertadores.

A pressão era grande pela vitória e o Avaí não tinha alternativa a não ser atacar o Atlético-PR desde o início. Tanto que antes dos 10 minutos, o Leão da Ilha já tinha chegado com perigo em duas oportunidades, com Judson e Maurinho. Mas foi de um chute de Maicon que saiu primeiro gol da partida. Ele recebeu de Pedro Castro na área e emendou um belo chute, colocado, no ângulo de Weverton, aos 15 minutos. Delírio e explosão da torcida na arquibancada. Pouco antes, o time catarinense tinha ficado na bronca com a arbitragem após um toque na mão de Pavez na área, ou seja só dava Avaí. O Atlético-PR assustou aos 20 minutos em cabeçada de Coutinho, à queima-roupa, que Douglas defendeu. Depois, o jogo foi caindo de produção, o Avai recuou e o Furacão chegou mais, porém somente nas bolas alçadas à área.

Na segunda etapa, o Atlético-PR voltou com mais poder ofensivo e foi dominando os espaços. Aos 11 minutos, o árbitro marcou pênalti de Alemão em Sidclei. O zagueiro do Avaí levou a pior e precisou receber atendimento. Na cobrança da penalidade máxima, Fabrício isolou o chute parra delírio da torcida da casa. A partida seguiu aberta e, se de um lado Weverton salvava chute de Alemão em cima da linha, do outro lado Judson também fazia o mesmo após arremate de Pablo quase na pequena área. O time visitante seguiu mais incisivo para buscar o empate. Mas o Avaí se segurou até o apito final.

Na próxima rodada, o Avaí visita o Santos, domingo, às 17h, na Vila Belmiro. Se vencer, estará livre do rebaixamento. Empate ou derrota e a Série B será realidade. O Atlético-PR recebe o Palmeiras, na Arena da Baixada, no mesmo dia e horário em jogo para cumprir tabela do lado paranaense.



Fonte: Com informações do Globoesporte.com
logomarca do portal meionorte..com