Barça resiste à proposta do Palmeiras para impedir saída de Mina

Dirigentes palmeirenses querem estreitar a relação com o Barça

Maurício Galiotte e Alexandre Mattos foram para a Espanha em busca de um acordo com o Barcelona para alterar a data da preferência que o time espanhol tem para contratar Mina de julho de 2017 para o mesmo mês do ano que vem, conforme apurou o blog. O objetivo da mudança é assegurar que o colombiano dispute a atual Libertadores até o fim.


Porém, a negociação não vai ser fácil. Segundo fonte ligada ao clube espanhol, o Barcelona não está disposto a aceitar a prorrogação proposta por presidente e diretor remunerado do Palmeiras. Prefere manter o direito de decidir a questão em julho deste ano. A tendência neste momento é de fazer valer a cláusula, mas o Palmeiras ainda não jogou a toalha.

A opção de compra do time catalão vale desde que sejam pagos 9 milhões de euros (cerca de R$29,2 milhões) pelo atleta.

A assessoria de imprensa do Palmeiras afirmou que o clube não se manifestaria sobre o assunto. Além da negociação por Mina, os dirigentes palmeirenses querem estreitar a relação com o Barcelona.

Image title

Fonte: Uol
logomarca do portal meionorte..com