Berrío é atração do Fla na Taça Rio, mas não jogará os 90 minutos

O jogador avisou que se sente bem para jogar os 90 minutos

Com o foco na Libertadores, o Flamengo entrará em campo com uma formação totalmente alternativa na estreia da Taça Rio, hoje, 18h30, contra a Portuguesa. Nenhum titular viajou para Volta Redonda, local da partida. A principal atração será o atacante Orlando Berrío, que caiu nas graças da torcida no Maracanã. O técnico Zé Ricardo relacionou diversos jovens, e Berrío não deve atuar o jogo todo. O jogador avisou que se sente bem para jogar os 90 minutos e que busca a titularidade, mas o planejamento é cauteloso após um desconforto muscular.

Image title

- Trabalho para ser titular sempre. Me preparo para jogar 90 minutos, e me sinto muito bem - avisou o jogador, que concedeu entrevista no Ninho do Urubu pela primeira vez após entrar em campo.

Embora a escalação não tenha sido revelada, essa é a partida em que nem o goleiro Alex Muralha será utilizado. Nomes como Guerrero, Diego e companhia ficam no Rio treinando para o jogo com a Universidad Católica, na quarta-feira. No aguardo de sua vez, Berrío falou sobre o contato com o torcedor no Maracanã na estreia da Libertadores diante do San Lorenzo.

- Clima espetacular, foi muito motivante o que os torcedores fizeram - lembra.

Embora a velocidade seja tema recorrente e tenha impressionado com os mais de 35 km/h de pico, a comida brasileira e a música ouvida por aqui foi o que mais chamou atenção do atacante até agora. O colombiano disse que ouve as canções para aprender o idioma mais rápido e que se deliciou em churrascarias cariocas.

- A comida me impressionou. Muito gostosa. Especialmente os rodízios. A música tenho ouvido para aprender o idioma - conta, ainda tímido.

Para manter o planejamento, o técnico Zé Ricardo vai mandar a campo uma equipe recheada de jovens e premiar jogadores que recentemente foram barrados, mas seguem atrás de uma oportunidade. O menino Thiago defenderá a meta rubro-negra. O meio-campo terá Cuéllar e Márcio Araújo. O ataque, a disputa dos jovens Matheus Sávio, Adryan, Lucas Paquetá, Cafu e Felipe Vizeu por uma vaga ao lado de Leandro Damião e Gabriel.


Fonte: Com informações do Jornal Extra