“Bola de Ouro é meta, mas não jogo por ambições”, afirma Neymar

O craque nunca negou que o seu sonho é ganhar a honraria.

Em alta no Barcelona e maestro da seleção brasileira na “Era Tite”, Neymar já aparece na frente na corrida pela Bola de Ouro e pelo Prêmio “The Best” 2017, este último entregue pela Fifa ao melhor jogador do mundo. O craque nunca negou que o seu sonho é ganhar a honraria, mas em entrevista ao jornal russo “Sport Express”, o atacante deixou claro que sempre coloca a equipe em primeiro lugar.

"Ganhar a Bola de Ouro é algo que estabeleci como meta e seria uma vitória pessoal. Mas não tenho pressa. Ambições pessoais não são o motivo pelo qual estou no futebol. Não jogo por ambições, jogo porque me dá prazer. Eu gosto de ajudar meus companheiros e meu time. Se tudo sair bem, prêmios individuais virão", afirmou à publicação da Rússia, casa da Copa do Mundo de 2018.

Se a seleção de Neymar já está garantida no Mundial, Messi e Suárez ainda lutam para Argentina e Uruguai, respectivamente, se juntarem ao Brasil no torneio. Aliás, o brasileiro falou da sua boa relação com os companheiros no Barcelona e fora dos gramados.

"Relacionamentos são importantes fora do campo, nós somos amigos. Dentro de campo, complementamos uns aos outros. Eu e Messi jogamos pelas pontas e Suárez no meio. Messi é um jogador que admiro desde que vim ao Barcelona. Não digo isso apenas porque Leo me ajuda desde o momento que cheguei. Eu sempre admirei sua determinação e postura", afirmou Neymar.

Sobre o Mundial, o medalhista de ouro dos Jogos Olímpicos do Rio em 2016 garantiu que sonha ver o Brasil campeão mundial.

“Obviamente, espero que o Brasil ganhe o título mundial”, disse o craque, que não soube analisar a seleção local. “Eu não sigo muito de perto a seleção russa, mas eu desejo sorte aos jogadores russos, mas não contra o meu Brasil”.

Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com