Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Brasil atropela o Egito e fica a um jogo da vaga olímpica para Tóquio

Seleção mostra consistência em todos os fundamentos, vence os africanos por 3 a 0 sem dificuldades.

Compartilhe
Google Whatsapp

Teve pancada de Leal, Maurício Borges explorando o bloqueio, Wallace se virando para cravar no chão. Com o bloqueio funcionando muito melhor do que na véspera e o sistema defensivo bem mais consistente, o Brasil não deu a mínima chance ao Egito. A segunda vitória pelo Grupo A no Pré-Olímpico masculino de vôlei, em Varna, na Bulgária, foi por 3 sets a 0, parciais de 25/12, 25/19 e 25/14. As informações são do Globo Esporte.

Com duas vitórias na conta, o Brasil está a um jogo de garantir a vaga olímpica. Se a Bulgária confirmar o favoritismo e bater Porto Rico ainda neste sábado, as duas seleções duelarão pelo direito de disputar os Jogos de Tóquio 2020. 

Crédito: Divulgação/FIVB

Renan optou por começar a partida com Leal e Lucão nas vagas de Lucarelli e Isac, respectivamente, com o central já sabendo que jogaria apenas o primeiro set. O ritmo da seleção foi impiedoso desde o princípio, e o Brasil conseguiu tornar o placar elástico em duas ótimas passagens de Maurício Borges pelo saque.

O bloqueio funcionou com eficiência, com quatro jogadores diferentes pontuando no fundamento. O técnico Gido Vermeulen gastou cedo os dois pedidos de tempo e não pôde fazer muito diante da série de erros bobos cometidos por seus comandados. O passeio chegou ao fim num saque fulminante de Leal: 25/12.

Crédito: Divulgação/FIVB

Como previsto pela comissão técnica, Maurício Souza entrou na vaga de Lucão no segundo set. O Egito até tentou reagir no início e abriu 3 a 1 em erro brasileiro. A seleção conseguiu volume de jogo para reverter o placar na base das pancadas de Leal (8/6), mas o placar só deslanchou após a segunda parada técnica.

Enquanto Maurício Souza se agigantou junto à rede, Maurício Borges explorou o bloqueio adversário com maestria (20/14). Dois erros seguidos fizeram Renan pedir tempo, mas nada que assustasse. O bloqueio duplo de Mauricio Souza e Wallace encerrou a parcial: 25/19.

Vermeulen mexeu bastante na formação egípcia para tentar uma última cartada, mas não surtiu efeito. Bruninho seguiu brilhando na distribuição e até Flávio, mais discreto no marcador até então, cresceu de produção. Na reta final, Renan colocou Cachopa, Alan, Douglas Souza e Maique em quadra. O padrão de jogo se manteve, e um saque de Abdalla para fora encerrou a partida: 25/14.

Crédito: Divulgação/FIVB


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×