Brasil pode voltar a ser sede da Copa do Mundo em 2030, diz Jornal

Países da América do Sul podem articular uma candidatura conjunta

O Brasil pode vir a ser sede de uma Copa do Mundo novamente em 2030. O país pode entrar em um acordo com Argentina, Uruguai e Paraguai por uma candidatura conjunta. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. 

De acordo com a publicação, somente seriam envolvidos na competição os estádios da região sul do Brasil, incluindo o Beira-Rio, a Arena do Grêmio e a Arena da Baixada. 

"Existem dúvidas sobre a capacidade dos três países do Cone Sul em receber o novo modelo de Copa do Mundo. A partir de 2026, serão 48 seleções, num evento que ganha uma nova dimensão e vai exigir dezenas de campos de treinamentos, hotéis e, claro, um número maior de estádios", explica matéria do Estadão. 

Beira-Rio pode ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2030 (Crédito: Getty)
Beira-Rio pode ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2030 (Crédito: Getty)

O governo uruguaio a principio é contra a ideia e a CBF ainda considera a possibilidade como “prematura”. 

Há do "reforço" brasileiro ser aceito por Argentina, Uruguai e Paraguai, já que isso só reforçaria a candidatura sul-americana para a Copa-2030, o que poderia ser um fator chave para vencer a China na disputa que se arma para ver quem sediará o torneio da Fifa em pouco mais de uma década.

"O temor dos sul-americanos é de que, com uma candidatura frágil, poderão perder a ocasião, principalmente se tiverem de concorrer contra a China. Pequim já indicou que quer a Copa do Mundo e, desde já, começa a participar da Fifa como patrocinadora", analisa o diário.

Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com