Brasileiros se destacam com melhor aproveitamento na Libertadores

O aproveitamento cresceu, de 62 para 63%.

No dia 11 de abril, após três semanas de jogos pela Libertadores, o Jogo Extra publicou um levantamento em que os brasileiros dominavam a competição. Depois de outras três semanas, os oito times do país no torneio seguem com a mesma pegada: o aproveitamento cresceu, de 62 para 63%, mesmo com o maior número de partidas: até aqui foram 32, com 17 vitórias, nove empates e seis derrotas. Os confrontos entre times do mesmo país não são computados.

Se engana, no entanto, quem pensa que a Libertadores terá um domínio fácil dos brasileiros. Exemplo claro é a ascensão dos argentinos, que subiram de 38% para 56% e só estão atrás do Brasil. Não coincidentemente, equipes como San Lorenzo e Estudiantes, em má forma no início do torneio, já mostram evolução. Outro fator importante é o River Plate, o único time 100% da fase de grupos.

Mas o domínio brasileiro tem vários fatores: hoje, sete dos oito times estão na zona de classificação às oitavas, e cinco lideram seus grupos. Das seis equipes invictas até agora, quatro são brasileiras: Botafogo, Santos, Grêmio e Palmeiras. As outras são argentinas, Godoy Cruz, além do River.

E os times podem bater um recorde: em 2013 seis de um mesmo país, também o Brasil, foram para o mata mata. Desta vez são oito candidatos.


Fonte: Com informações do Extra