Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Centros de alto rendimento do atletismo são reabertos

Com retorno gradual e seguindo protocolos sanitários, instalações em São Paulo recebem atletas de de olho nos Jogos de Tóquio em 2021

Centros de alto rendimento do atletismo são reabertos
Atleta | Divulgação
Compartilhe

Depois de quatro meses de isolamento social devido à pandemia de coronavírus, os atletas retornam aos treinos gradualmente e seguindo protocolos sanitários em dois centros de excelência do esporte. O Núcleo de Alto Rendimento Esportivo (NAR), em São Paulo, começou uma reabertura progressiva nesta segunda feira, dia 27 de julho, e o Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), da centro de treinamento da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), reabre na próxima segunda-feira, dia 3 de agosto, exclusivamente para atletas moradores na cidade de Bragança Paulista (SP). Com isso, eles recomeçam a preparação em instalações adequadas e de olho nos Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados de 2020 para 2021. 

No CNDA, com todas as restrições impostas neste momento, cerca de 30 atletas estão autorizados a retomar os treinos, incluindo Darlan Romani, recordista sul-americano e quarto colocado no Mundial de Doha no arremesso do peso. 

“O meu grupo principal retorna segunda-feira ao NAR. Teremos 1 hora e 50 minutos à tarde para usar a pista, três vezes por semana, seguindo as orientações. Eles estão treinando apenas de tênis e agora passarão a utilizar novamente as sapatilhas. Enquanto isso, continuamos a treinar perto do Obelisco do Ibirapuera até o fim desta semana. Meus atletas estão fazendo musculação em suas academias, que foram reabertas. No NAR, os equipamentos de peso ainda estão indisponíveis. O período é de uma retomada gradativa para evitar lesões.”, comentou o treinador Katsuhico Nakaya, que tem atletas como Vitória Rosa, Ana Cláudia Lemos, Eduardo de Deus, Jailma Sales de Lima e Ana Carolina Azevedo, entre outros. Vitória e Eduardo já estão qualificados para Tóquio nos 200 m e nos 110 m com barreiras, respectivamente.

Vitor Hugo dos Santos e Rodrigo Nascimento, dois dos principais velocistas do Brasil, foram campeões mundiais do revezamento 4x100 m no Japão e quarto colocados no Mundial de Doha, no Catar, deixarão a preparação que vinham fazendo na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, no Rio de Janeiro, por serem militares, e voltam para São Paulo.

“O NAR reabriu sua área externa com restrição de 20% da capacidade de atendimento e cumprindo todos os protocolos da Prefeitura de São Paulo e do Instituto Península. Teremos equipes menores para manter o afastamento. A prioridade no momento são os atletas de alto rendimento”, comentou o treinador Victor Fernandes passará também a reunir seu grupo de atletas novamente no NAR. 

Missão Europa

Na segunda quinzena de agosto, em iniciativa do Comitê Olímpico do Brasil (COB) ao lado da CBAt, nomes do atletismo participarão da segunda fase  Missão Europa, que já levou mais de 70 atletas de diversas modalidades para treinos em Portugal.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar