Com golaço de Ramon, Vasco bate o Fluminense e volta a vencer

Chute bonito do lateral vascaíno encerra série negativa do time.

O Maracanã tinha maioria tricolor, mas quem se sentiu em casa foram os vascaínos. Com boa e até surpreendente atuação, o Vasco venceu o Fluminense mais uma vez no Brasileiro. Se em São Januário bateu em virada emocionante por 3 a 2, no antigo Maior do Mundo - com mando tricolor e 23.460 pessoas - saiu da série de cinco jogos sem uma vitória com chutaço de Ramon: 1 a 0.

Com duas vitórias e três empates nas últimas partidas, o Tricolor perdeu chance de entrar no G-6. O resultado deixou o Flu na 8ª colocação, com 30 pontos. Dois a mais do que o Vasco, que subiu seis posições e dorme na 10ª posição na tabela do Brasileiro.

Com duas semanas de paralisação para as Eliminatórias da Copa da Rússia, os times só voltam a campo, pela 23ª rodada, no dia 10 de setembro. O Fluminense volta a campo no próximo dia 30, contra o Londrina, pelas quartas de final da Primeira Liga.

 (Crédito: Wallace Teixeira / Futura Press)
(Crédito: Wallace Teixeira / Futura Press)

Pelo Brasileiro, o time das Laranjeiras enfrenta o Vitória, no Barradão, em Salvador, às 16h, no domingo. Ainda com estádio indefinido, o Vasco recebe o Grêmio no mesmo dia e no mesmo horário.

Apesar de um primeiro tempo equilibrado, as melhores chances foram do Vasco. De volta ao time titular, Nenê chutou de fora da área para defesa de Julio César. Na sobra, Rios ajeitou para Ramon, que foi bloqueado. Aos 31 minutos, Ramon e Matheus Vital pressionaram e atacaram. Rios recebeu e tocou para o lateral, que ajeitou de fora da área e fuzilou. Golaço do Vasco.

Na segunda etapa, o Fluminense ficou mais com a bola, mas o Vasco era perigoso no contra-ataque. Desperdiçou chances com Madson, Matheus Vital, Paulinho e Guilherme, que entraram no segundo tempo. Na chance mais clara, Julio César fez grande defesa no chute de Paulinho.

O Fluminense rondou a área do Vasco e teve oportunidades. Na primeira, Gustavo Scarpa chutou fraco e Martín Silva defendeu. Em outra, Dourado se livrou da marcação, mas chutou torto. Na última oportunidade, Romarinho chutou por cima.

 (Crédito: André Fabiano/Código 19 / Gazeta Press)
(Crédito: André Fabiano/Código 19 / Gazeta Press)


Fonte: Com informações do Globoesporte.com
logomarca do portal meionorte..com