Com nova camisa, Cruzeiro bate o Coritiba e volta a vencer

Raposa coloca fim em sequência negativa

Em tarde de estreia da nova camisa, em alusão ao título da Taça Libertadores de 1997, o Cruzeiro parece ter se inspirado nos bons momentos do clube no Mineirão. No Gigante da Pampulha, a Raposa bateu o Coritiba, por 2 a 0, em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diante de um Coxa inoperante, que só chegava com perigo nas bolas altas, os donos da casa abriram o placar com Thiago Neves. Com um golaço, Rafael Sobis fechou a conta, no segundo tempo.

Image title

O Cruzeiro começou fazendo aquela tradicional pressão inicial, depois o Coritiba igualou a marcação e equilibrou o jogo. O time mineiro colecionava trapalhadas na defesa e sofria muito nas bolas paradas, principalmente nos escanteios. Werley chegou a cabecear no travessão de Fábio, que também foi obrigado a fazer outras intervenções importantes. O destaque positivo ficou por conta de Diogo Barbosa, que roubou a bola na defesa, a conduziu por todo o campo e deu o passe para Thiago Neves abrir o placar, aos 37 minutos.

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou outro, ligado nos 220v. Nos primeiros dez minutos, foram pelo menos quatro lances de perigo, com boas intervenções de Wilson. O Coxa não conseguiu reagir e jogo se tornou de uma equipe só. O segundo gol da Raposa foi amadurecendo e chegou com o uma linda jogada de Sobis pela direita, que depois driblou o goleiro e, com muita frieza, esperou para finalizar e ampliar o placar, aos 19 minutos, 2 a 0 no placar.

Na tarde deste domingo, o Cruzeiro estreou o novo uniforme do clube. E a camisa deu sorte. A Raposa voltou a vencer, subiu três posições na tabela e se aproximou do G-6 do Campeonato Brasileiro. Veja como foi a entrada do time em campo, com a nova camisa.



Fonte: Com informações do Globoesporte.com