Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Conselho Mundial da FIA decide hoje futuro da McLaren

Conselho Mundial da FIA decide hoje futuro da McLaren

Conselho Mundial da FIA decide hoje futuro da McLaren
Conselho Mundial da FIA decide hoje futuro da McLaren | Divulgação
Compartilhe
Google Whatsapp

N?o h? ind?cios de que desde a cria??o da F?rmula 1, em 1950, um julgamento tenha despertado tanto interesse como o de hoje, em Paris. O que est? em jogo n?o ? apenas a possibilidade de rigorosa puni??o para a McLaren, mas a decis?o do Mundial de Pilotos e de Construtores. E, claro, as implica?es milion?rias da conquista ou perda dessas competi?es. A acusa??o: recepta??o e uso de dados t?cnicos confidenciais da Ferrari.

Lewis Hamilton e Fernando Alonso, a dupla de pilotos da McLaren, l?der e vice-l?der do campeonato, saber?o hoje se podem disputar amanh? os treinos livres do GP da B?lgica, no remodelado circuito de Spa-Francorchamps, onde a estrutura da equipe est? montada e os mec?nicos seguem no trabalho.

No dia 26 de julho, a McLaren foi julgada pela primeira vez pelo caso de espionagem pelo Conselho Mundial da FIA. N?o recebeu puni??o por falta de provas, mas o presidente da entidade, Max Mosley, afirmou que, se o time fosse convocado de novo, seria pela descoberta de evid?ncias de uso das informa?es da Ferrari. Foi claro: ""Nesse caso, correr? o risco de ser exclu?da do atual campeonato e do de 2008 tamb?m."" A FIA promete anunciar veredicto e senten?a hoje, at? as 12 horas de Bras?lia.

Al?m de Mosley e de Bernie Ecclestone, promotor da F-1, os 24 membros do Conselho Mundial, todos indicados pela FIA,analisar?o as novas provas contra a McLaren. S?o e-mails recebidos por Alonso, enviados pelo piloto de testes do time, Pedro de la Rosa, com informa?es sobre como acertar o carro a partir de dados fornecidos ao projetista-chefe da McLaren, Mike Coughlan, pelo ex-mec?nico-chefe da Ferrari, Nigel Stepney, acusado de roubar o conte?do t?cnico de 780 p?ginas dos computadores italianos.

H? outras evid?ncias conhecidas, como a troca de mensagens entre Stepney e Coughlan interceptada pela FIA. A comunica??o entre eles come?ou em mar?o, at? nos fins de semana de GP, sempre com o t?cnico da Ferrari orientando Coughlan a tirar melhor proveito dos pneus Bridgestone. At? 2006, a McLaren usava pneus Michelin.

Dependendo da decis?o de hoje, Ron Dennis, s?cio e diretor da McLaren, e Norbert Haug, diretor esportivo da Mercedes (dona de 40% da McLaren), v?o recorrer ao Tribunal de Apelo da FIA e, quem sabe, at? ? Justi?a comum. Isso d? ? McLaren chance de seguir na competi??o at? que o recurso seja julgado, o que pode ocorrer depois do fim da temporada.

Entenda o Caso

21/6: A Ferrari descobre estranho p? branco no tanque de seus carros e afasta seu mec?nico-chefe, Nigel Stepney.

25/6: A Ferrari anuncia ter descoberto algo ilegal. Funcion?rio de uma copiadora pr?xima ? sede da McLaren, na Inglaterra, denuncia ? Ferrari ter copiado 780 p?ginas de material de sua propriedade identificado como confidencial.

3/7: A Ferrari demite Stepney. A McLaren afasta o projetista-chefe Mike Coughlan. A Ferrari descobre liga??o entre Stepney e Coughlan, em cuja casa ? encontrada c?pia das 780 p?ginas.

4/7: A FIA investiga e a McLaren divulga que seu estudo mostra n?o existir propriedade intelectual da Ferrari nos carros de Fernando Alonso e Lewis Hamilton.

8/7: Stepney diz que n?o passou os dados a Coughlan e ele os teria obtido por ""outra fonte"".

11/7: Coughlan e advogados da Ferrari chegam a um acordo. O t?cnico abre o jogo sobre como obteve os documentos.

12/7: A FIA anuncia que seu Conselho Mundial julgar? a McLaren por espionagem no dia 26.

26/7: Conselho Mundial conclui que a McLaren de fato recebeu os dados confidenciais da Ferrari, mas n?o pune a equipe por falta de provas. Max Mosley, presidente da FIA, adverte que a McLaren ir? a novo julgamento, se forem encontradas outras provas.

31/7: Max Mosley envia o caso para ser julgado pelo Tribunal de Apelo da FIA, diante da revolta de boa parte da opini?o p?blica pela absoliva??o da McLaren.

31/8: Max Mosley envia carta a todas as equipes e aos pilotos da McLaren (Alonso, Hamilton e De la Rosa) solicitando informa?es que ajudem a esclarece


Siga nosso canal no telegram
Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto