O goleiro de Camarões, André Onana, foi embora do Catar e deixou a Copa do Mundo. Segundo a imprensa, o jogador que saiu do time pelo técnico Rigobert Song já voltou para Milão, na Itália, onde mora. 

André Onana foi afastado da seleção na última segunda-feira, véspera do jogo contra a Sérvia. O motivo seria um desentendimento por causa de seu estilo de jogo. O goleiro gosta de sair jogando pelo chão, tocando para seus companheiros, enquanto o técnico prefere a ligação direta. Os dois não chegaram a um acordo, e o atleta acabou afastado.

Agora, de acordo com jornalistas camaroneses, André Onana foi visto na manhã desta terça-feira no Aeroporto Internacional de Doha a caminho da Itália. O goleiro atua na Inter de Milão.

André Onana, goleiro de Camarões - Foto: Marko Djurica/ReutersAndré Onana, goleiro de Camarões - Foto: Marko Djurica/Reuters

Em nota divulgada na última segunda-feira, a Federação Camaronesa de Futebol havia reforçado a decisão do treinador.

"A Federação Camaronesa reitera seu total apoio ao técnico e sua comissão, já que eles implementam a política da Federação em preservar a disciplina, a solidariedade e a coesão dentro da seleção nacional", diz trecho do comunicado, assinado por Blaise Djounang, secretário geral da Federação Camaronesa.

Veja a nota oficial divulgada por Camarões:

“A Federação Camaronesa de Futebol informa ao público que após a decisão de Rigobert Song, técnico dos Leões Indomáveis, o jogador André Onana foi suspenso temporariamente do grupo por razões disciplinares.

A Federação Camaronesa reitera seu total apoio ao técnico e sua comissão, já que eles implementam a política da Federação em preservar a disciplina, solidariedade e coesão dentro da seleção nacional.

A FECAFOOT reafirma seu comprometimento em criar uma atmosfera pacífica para o time, a fim de proporcionar a estrutura adequada para uma excepcional performance"

As informações são do Globo Esporte