Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Cristiano pode ter quebrado protocolo contra Covid-19, diz Ministro

O atacante teria viajado sem autorização para servir à seleção portuguesa

Cristiano pode ter quebrado protocolo contra Covid-19, diz Ministro
Cristiano Ronaldo testou positivo para a covid-19 | Divulgação
Compartilhe

Vincenzo Spadafora, Ministro do Esporte italiano, acredita que Cristiano Ronaldo - que teve resultado positivo no teste para Covid-19 na última semana - pode ter violado os protocolos impostos pelas autoridades país para combater o vírus. Informações do site Terra

Cristiano Ronaldo testou positivo para a covid-19


O caso já havia sido denunciado pelas autoridades sanitárias à Justiça, depois que Ronaldo e outros jogadores deixaram o país para servir às suas seleções. O motivo seria que eles estavam saindo da Itália apesar dos protocolos de isolamento adotados depois que dois casos de Covid-19 foram confirmados na Juventus.

Agora, com o retorno de Ronaldo à Itália apenas um dia depois de receber o teste positivo, a discussão voltou à tona. "Sim, penso que sim. Se não existiu qualquer autorização específica das autoridades sanitárias", disse Spadafora à Rai Radio1, quando perguntado se o português havia desrespeitado algum protocolo.

Apesar do aumento no número de novos casos envolvendo atletas da Serie A, além da população italiana em geral, o Ministro disse que não pensa em novas paralisações em nenhuma das competições esportivas no país.

Por outro lado, Spadafora também não vê condições para que a torcida volta aos estádios, pelo menos não por enquanto. "As regiões propuseram uma capacidade possível de 25%, mas, neste momento, não podemos autorizá-la. Pelo menos até o próximo mês. Veremos como a curva de contágio evolui no final de novembro.

Cristiano Ronaldo testou positivo para Covid-19 quando estava com a seleção portuguesa. O atacante foi submetido a um teste entre as partidas contra a França e Suécia, na semana do dia 11 de outubro e foi o único da equipe infectado com o vírus nesta bateria de testes.O português, imediatamente, foi cortado da seleção e não jogou contra a Suécia.

Na volta para a Juventus, ainda vai perder alguns compromissos enquanto cumpre o isolamento imposto no regulamento do Campeonato Italiano, conforme recomendado pelas autoridades de saúde. A expectativa fica para que ele volte a tempo de enfrentar o Barcelona Lionel Messi pela Liga dos Campeões, no dia 23.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar