Dijon dá trabalho, mas PSG consegue vitória nos acréscimos

Paris Saint-Germain garantiu três pontos suados neste sábado.

Com um herói improvável, o Paris Saint-Germain garantiu três pontos suados neste sábado. Atuando com um time misto - quatro jogadores poupados -, o time parisiense sofreu para vencer o Dijon por 2 a 1, neste sábado, com dois gols do lateral Meunier, sendo o decisivo da partida nos acréscimos. Jeannot fez um golaço por cobertura, que deixou os donos da casa em igualdade por alguns minutos.

A vitória faz com que o PSG fique com uma vantagem mais confortável na liderança do Campeonato Francês. O time de Paris agora tem 25 pontos, seis a mais que o Monaco, que perdeu para o Lyon na última sexta-feira. O Dijon é o 17º colocado, com seis pontos.

Sem Cavani, Thiago Motta, Kurzawa e Verratti, poupados, e Thiago Silva, lesionado, o PSG foi surpreendido pela postura do Dijon, que procurou ir ao ataque constantemente e pressionar a marcação no meio de campo. No primeiro tempo e no começo do segundo, os parisienses não conseguiram criar muitas chances e viram os donos da casa terem as melhores oportunidades. Depois, o time de Unai Emery estabeleceu um bom ritmo e ficou mais perto da vitória - com Neymar crescendo na partida.

Um dos grandes destaques da partida foi o goleiro Reynet, responsável por pelo menos cinco defesas difíceis na partida. O arqueiro estabeleceu um duelo particualr com Mbappé, que parou nas intervenções de Reynet e não conseguiu balançar as redes. Somente Meunier conseguiu vencer o paredão, com dois chutes fracos em lances parecidos.

No fim da partida, o Dijon teve seu esforço no jogo coroado com um golaço. Jeannot aproveitou sobra após tentativa da zaga do PSG de afastar e concluiu de uma bela forma: pegou um chute de primeira, que encobriu Aréola.


Fonte: Com informações do Globoesporte.com
logomarca do portal meionorte..com