Dirigente diz que Flamengo tem dinheiro para contratar

Orçamento prevê gastos de R$ 217 milhões para o futebol

O Flamengo tem ou não dinheiro para contratar? O questionamento é frequente entre os torcedores e povoa as redes sociais em inúmeros e intermináveis debates. A resposta: sim, o Rubro-negro tem capital para investir.


No entanto, a forma adotada para negociar jogadores cobra um preço alto em diversas situações. Quem explica é o vice-presidente de planejamento, Pedro Paulo Pereira de Almeida.

Em entrevista, o dirigente abordou a relação entre diretoria e departamento de futebol - nem sempre serena pela necessidade de um poderio maior no mercado. Ele foi um dos responsáveis pela formatação do orçamento que prevê gastos de R$ 217 milhões apenas com o futebol em 2017. A conta se divide entre salários, luvas, direitos de imagem e custos diversos.

O poder de investimento em reforços é mantido em absoluto sigilo para não inflacionar o mercado, mas estima-se que esteja abaixo dos R$ 20 milhões. 

Guerrero e Diego são as referências de grandes contratações
Guerrero e Diego são as referências de grandes contratações
Fonte: Uol
logomarca do portal meionorte..com