Em estádio mais caro da Copa de 2014, aluguel para jogo custa R$ 39

Estádio custou R$ 1,7 bilhão aos cofres públicos

Alugar o Mané Garrincha, estádio mais caro da Copa do Mundo de 2014, custa R$ 39. Não é necessário gastar R$ 39 mil para alugar a arena com capacidade para 72.788 torcedores, que custou R$ 1,7 bilhão, segundo o Tribunal de Contas do Distrito Federal. Para jogar no campo do Estádio Nacional de Brasília, é preciso pagar só R$ 39 mesmo.

Foi esse valor que Brasília e Formosa gastaram para atuar no Mané Garrincha, em 8 de março, pela 8ª rodada do Campeonato do Distrito Federal, segundo o borderô da partida. Ele foi referente a 15% da renda do duelo, que foi de R$ 260, com 71 pagantes.

Mané Garrincha (Crédito: Getty)
Mané Garrincha (Crédito: Getty)

E, segundo o Diário Oficial da União, o aluguel foi ainda mais baixo: apenas R$ 27,30. Esse, ao menos, é o número que consta na publicação feita pela Secretaria de Estado do Esporte, Turismo e Lazer do Distrito Federal (que administra o Mané Garrincha) nos documentos oficiais sobre o aluguel.

Em 15 de fevereiro, por exemplo, Real F.C. e Formosa precisaram desembolsar meros R$ 94,80 para atuar na arena que recebeu Copa das Confederações, Copa do Mundo e Jogos Olímpicos - 15% dos R$ 632 gerados de renda pelos 164 torcedores pagantes.

Já em 12 de março, Brasília e Luziânia jogaram de graça. Isso mesmo. De acordo com o borderô, o gasto com o aluguel foi de R$ 0. A renda do jogo foi de R$ 1.060.

Para se ter uma ideia de quanto esse valor é pequeno, o aluguel de uma quadra society na cidade de São Paulo, no tamanho 45m x 25m, pode chegar a mais de R$ 600 por hora.

Mané Garrincha (Crédito: Getty)
Mané Garrincha (Crédito: Getty)



Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com