Emerson Sheik dispara: "Hoje não jogaria no Palmeiras"

Jogador deu entrevista em canal de esportes

Sem papas na língua, Emerson Sheik abriu o jogo sobre sua carreira no programa “Aqui com Benja”, da Fox Sports, e não fugiu de polêmicas, Em entrevista na noite deste sábado (11), o atacante deixou claro que não tem clube em que diria não no atual momento da carreira, porém, existe uma exceção.  


Não [diria não a ninguém] porque sou profissional ao extremo. Me pagou e foi correto comigo, certamente, vou dar o melhor. Como em todos os clubes [que passei]“, declarou o jogador que, atualmente, está sem clube após deixar o Flamengo no final da temporada passada.

Entretanto, ao ser questionado por Benjamin Back se uma oferta de Palmeiras e Vasco pintasse, rivais de Corinthians e Flamengo, clubes nos quais brilhos, Sheik foi firme ao rejeitar qualquer possibilidade.

Palmeiras eu não jogaria. Calma, hoje, eu posso escolher isso. Eu não jogaria no Palmeiras. No Vasco, depende. Depende talvez de um pedido de desculpas.porque uma vez que o presidente do clube não conhece o atleta, porque contratar? Mas nunca passou pela minha cabeça jogar no Vasco“, afirmou.

Revelado na base do São Paulo, Emerson foi negociado cedo com o Consadole Sapporo, do Japão, em 1999, após o caso da adulteração da idade de Sandro Hiroshi foi revelada. O jogador também tinha adulterado a idade em três anos para poder atuar. Depois da saída do Tricolor, rodou o mundo da bola.

Emerson defendeu as camisas de Kawasaki Frontale (JAP), Urawa Red Diamonds (JAP), Al-Sadd (Catar), Rennes (França), Flamengo, Al Ain (Emirados Árabes), Fluminense, Corinthians e Botafogo. Atualmente, o atleta encontrasse em busca de uma nova oportunidade.

Fonte: iG