Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Ferroviário vence o Uniclinic por 3 a 2

O triunfo do Peixe, que segue sem perder há oito partidas, fez o time voltar à liderança

Compartilhe

A torcida coral lotou a Vila Elzir Cabral. Apoiou, sofreu, mas no final foi recompensada e comemorou efusivamente e com muitos fogos de artif?cio a suada vit?ria do Ferrovi?rio, de virada, sobre o Uniclinic, por 3 a 2.

O triunfo do Peixe, que segue sem perder h? oito partidas, fez o time voltar ? lideran?a do returno do Campeonato Cearense com 16 pontos, um a mais que o Horizonte, e praticamente garantiu sua classifica??o ?s semifinais. O nome do confronto foi o atacante Wescley, que marcou os tr?s gols. ?Gra?as a Deus as chances apareceram, pude ajudar nossa equipe a conquistar essa vit?ria e o nosso torcedor saiu feliz daqui. Todo o grupo est? de parab?ns?, declarou ao final da partida o camisa 9.

Apesar de j? estar rebaixado, o Uniclinic deu muito trabalho ao Ferr?o e por pouco n?o estragou a festa na casa do advers?rio. Sem Marco T?lio, suspenso, o Peixe parecia que n?o iria sentir falta de seu principal atacante. Tanto que abriu o marcador logo aos 4min. Guto bateu escanteio e Wescley de cabe?a, fez o primeiro. Por?m, depois da? s? deu Uniclinic. Aos, 15, a zaga coral falhou e a bola sobrou para o defensor Ant?nio Meneses empatar.

Com a igualdade, os visitantes recuaram todo e se defendiam com todos os 11 jogadores, explorando os contra-ataques. Enquanto isso, o Ferr?o irritava o p?blico e o t?cnico Fernando Polozzi que n?o parava de reclamar da falta de cria??o do seus atletas, que n?o conseguiam trocar quatro passes seguidos. O segundo gol da ?guia s? n?o saiu, aos 31, porque a trave n?o deixou em chute colocado de Netinho.

O Ferrovi?rio, ent?o, acordou, mas o goleiro Dida fez tr?s belas defesas e salvou o Uniclinic. Mesmo melhor em campo, o Peixe acabou levando a virada. Num r?pido contra-ataque, aos 45, R?bson Carioca recebeu sozinho, driblou Anderson e tocou para o gol vazio 2 a 1. ?Temos de mudar. N?o podemos continuar desse jeito?, esbravejou Polozzi, no intervalo.

Nem a entrada do meio-campista Di?genes no lugar do volante Ded?, os donos da casa melhoraram na etapa final e a torcida j? perdia a paci?ncia. Mas, aos 21min, em uma sa?da errada do goleiro Dida, o zagueiro Gustavo tocou para Wescley empatar o duelo e empolgar de novo o torcedor.

A virada era s? quest?o de tempo. E seis minutos depois, bela jogada de Guto, que driblou dois e rolou para Wescley. O atacante bateu de bico, no canto, rasteiro e virou o jogo garantindo a vit?ria coral. Depois foi s? administrar o resultado e fazer a festa na Vila.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar