O Flamengo venceu o São Paulo por 2 a 0 na noite deste sábado (6), no Morumbi, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, com gols de Lázaro e Gabigol.  

O Rubro-Negro 'dorme' na terceira colocação com 36 pontos, seis a menos que o líder Palmeiras, que enfrenta o Goiás neste domingo (7). Já o time comandado por Rogério Ceni perdeu a oportunidade de encostar no G-6 e, com 26 pontos e está na 11ª posição.

Flamengo vence o São Paulo por 2 a 0 no Morumbi Foto: Gilvan de Souza Flamengo vence o São Paulo por 2 a 0 no Morumbi Foto: Gilvan de Souza 

O São Paulo foi a campo com um time misto. Já o Flamengo usou uma equipe completamente reserva, porém, fez prevalecer a qualidade de seu elenco. Essa foi a segunda derrota seguida do Tricolor no Campeonato Brasileiro. Já o Mengão não sabe o que é perder há oito jogos, considerando todas as competições.

O São Paulo agora volta o foco para a partida de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana, contra o Ceará, na próxima quarta-feira, no Castelão. Já o Flamengo terá pela frente o Corinthiams, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores, na terça, no Maracanã.

O jogo

O Flamengo abriu o placar logo em sua primeira chance de gol, aos seis minutos. Victor Hugo recebeu cruzamento e, de cabeça, ajeitou para Lázaro, que também cabeceou, no contrapé de Diego Alves, para fazer 1 a 0 no Morumbi. Precisando correr atrás do prejuízo, o São Paulo foi para cima e quase empatou aos 12 minutos com Reinaldo, que recebeu pela esquerda, levou para dentro, costurando a marcação, e bateu cruzado, mandando para fora.

Mais tarde foi a vez de Marcos Guilherme receber na entrada da área e soltar a bomba, mandando por cima do travessão. Só que o Flamengo seguiu atento para contra-atacar e ampliar sua vantagem no jogo. Aos 18 minutos, Felipe Alves errou lançamento para Rafinha, e Everton Cebolinha ficou com a sobra, indo para cima de Miranda, levando para o meio e batendo no ângulo, tirando tinta da trave.

Depois foi a vez de Ayrton Lucas experimentar de fora da área, batendo com o pé direito, que não é o bom, mas, ainda assim, exigiu boa defesa de Felipe Alves. Sem conseguir infiltrar na defesa do Flamengo, o São Paulo ocupava o campo de ataque aos trancos e barrancos. Galoppo até tentou balançar as redes em chute de média distância, mas Santos fez a defesa sem dar rebote.

Antes de as equipes irem para o intervalo, o Flamengo ainda teve dois lances para marcar verdadeiros golaços. Primeiro com Everton Cebolinha, que recebeu em velocidade, limpou a marcação de Miranda e Léo e bateu cruzado, para fora. Depois, Marinho finalizou de voleio, surpreendendo Felipe Alves, que espalmou.

Segundo tempo

O técnico Rogério Ceni decidiu acionar Calleri e Diego Costa nas vagas de Patrick e Miranda, que assisiu ao segundo tempo com uma compressa de gelo na coxa. Com as mudanças, o São Paulo passou a incomodar mais o Flamengo. Aos 11 minutos, Rafinha cruzou na medida para o atacante argentino, que cabeceou como manda a cartilha do artilheiro, mas Santos fez a defesa sem dar rebote. Pouco depois, o camisa 9 tricolor recebeu dentro da área, ajeitou e bateu firme, mas no meio do gol, facilitando a vida do arqueiro rubro-negro.

Ciente da superioridade do São Paulo, Dorival Jr também fez mudanças: Gabigol, João Gomes e Thiago Maia entraram nas vagas de Vidal, Diego e Marinho, respectivamente. E não demorou para o time rubro-negro equilibrar a partida. Aos 23 minutos, Matheusinho foi acionado por Gabigol e cruzou rasteiro para o meio da área, onde João Gomes chegou batendo de primeira, mas mandou por cima do gol, perdendo grande chance.

A pressão do Flamengo continuou quando Gabigol deixou Lázaro cara a cara com Felipe Alves, mas viu o goleiro são-paulino fazer ótima defesa. Depois foi a vez de Thiago Maia experimentar da entrada da área, e o arqueiro tricolor espalmou. Já aos 34 minutos, Arrascaeta, que substituiu Everton Cebolinha, soltou uma bomba da entrada da área, tirando tinta do travessão.

Entretanto, mesmo com o domínio do Flamengo na reta final do jogo, o São Paulo teve uma oportunidade de ouro para empatar. Pablo falhou, e Marcos Guilherme arrancou em velocidade, sem nenhum marcador pela frente, batendo cruzado, mas fraco, facilitando a vida de Santos, que fez a defesa tranquilamente. Nos minutos finais, o atacante tricolor ainda teve outra oportunidade, completando praticamente na pequena área o cruzamento de Galoppo, porém, finalizou por cima do gol.

Sem aproveitar suas chances, o São Paulo acabou castigado no último lance do jogo. Gabigol  arrancou sozinho pela direita em contra-ataque, invadiu a área e bateu com categoria, no cantinho, para matar o jogo diante de mais de 45 mil são-paulinos nas arquibancadas do Morumbi.

FICHA TÉCNICA:SÃO PAULO 0 X 2 FLAMENGO

Local: Morumbi, São Paulo (SP)Data: 06 de agosto de 2022, sábadoHora: 20h30 (de Brasília)Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Alex dos Santos (SC)VAR: Adriano Milczvski (PR)

Público: 45.217 torcedores.

Renda: R$ 2.723.851,00

Gols: Lázaro, aos 6 do 1ºT, e Gabigol, aos 49 do 2ºT (Flamengo)

Cartões amarelos: Hugo, Diego (Flamengo); Pablo Maia, Galoppo (São Paulo)

SÃO PAULO: Felipe Alves; Rafinha, Miranda (Diego Costa), Léo e Reinaldo (Welington); Pablo Maia, Igor Gomes (Rodriguinho), Galoppo e Patrick (Calleri); Marcos Guilherme e Nikão (Igor Vinícius).Técnico: Rogério Ceni

FLAMENGO:Santos, Matheuzinho, Fabrício Bruno, Pablo e Ayrton Lucas; Diego (João Gomes), Vidal (Gabigol) e Victor Hugo (Everton Ribeiro); Marinho (Thiago Maia), Everton Cebolinha (De Arrascaeta) e Lázaro.Técnico: Dorival Júnior