Flamengo x Vasco: quem é mesmo o favorito neste Sábado?

Clássico dos Milhões define finalista da Taça Guanabara

Fla é favorito por sua força e entrosamento

No time considerado titular do Flamengo, apenas dois jogadores são novidades nesta temporada: Trauco e Romulo se encaixaram bem na proposta. A equipe de Zé Ricardo está bem na frente no quesito entrosamento e isso é notado nas vitórias alcançadas de 2017 - invicto no Carioca. Todos já entendem a forma de jogar do treinador. 



Bem reforçado desde o meio do ano passado, o Rubro-Negro é mais forte se compararmos peça por peça do elenco. É diferente daquele que perdeu para Vasco em 2016. Não por acaso chegou a brigar pelo título brasileiro.

O retrospecto recente é ruim, e a pressão pelo fim do jejum existe. Mas, desde o início da semana, o mantra rubro-negro fala em escrever uma história diferente e não olhar o passado. Dos 11 titulares, seis nunca atuaram pelo Flamengo diante do Vasco: Alex Muralha, Réver, Rafael Vaz, Trauco, Romulo e Diego. Além do próprio Zé Ricardo.

O Vasco é favorito pelo retrospecto

De fato, o Flamengo tem um time mais maduro. A continuidade do trabalho de Zé Ricardo e os reforços deste ano representam um estágio mais avançado em relação ao Vasco. O elenco cruz-maltino ainda assimila os conceitos de Cristóvão Borges e vê seus reforços se entrosando aos poucos. Mas, já diria o ex-atacante vascaíno Jardel, clássico é clássico. E vice-versa. 

O Vasco está há nove jogos sem perder para o Flamengo. Neste tempo todo, sempre teve um time tecnicamente inferior ao rival. Mas se superou. É como se, nos últimos dois anos, o Cruz-Maltino tivesse tirado a medida certa do rival. E, num clássico deste tamanho, só qualidade técnica não basta: o psicológico conta muito.

Image title

Fonte: Globo Esporte