mais

Flu goleia o Madureira e pega a Portuguesa na semi do Carioca

A vitória por 4 a 1 rendeu a segunda colocação da Taça Guanabara ao Tricolor, que enfrenta a Portuguesa-RJ na semifinal do Carioca

Com um time repleto de novidades, o Fluminense venceu o Madureira, de virada, por 4 a 1, neste domingo, no Maracanã, na última rodada da Taça Guanabara. Para preservar o elenco principal para um duelo da Libertadores, Roger Machado escalou um time formado quase inteiramente por reservas e o time demorou a engrenar. E sofreu o primeiro gol, marcado por Luiz Paulo. 

Mas no segundo tempo conseguiu a virada e terminou com uma goleada. Com gols de Abel Hernandez, do estreante Bobadilla, e no fim, com completo domínio do Fluminense, Ganso ampliou e Gabriel Teixeira concluiu com um golaço.

Com o resultado, o Fluminense terminou a Taça Guanabara na segunda colocação do Carioca. O adversário na semifinal do Carioca será a Portuguesa-RJ, que ficou no terceiro lugar. O Madureira tem vaga garantida na semifinal da Taça Rio. Com o derrota, fica na sexta posição, por enquanto - Botafogo e Nova Iguaçu, que jogam à tarde, podem ultrapassar a equipe do Subúrbio.

PRIMEIRO TEMPO

O Fluminense começou o jogo num ritmo lento na manhã de domingo. Com pouca movimentação, o Tricolor foi presa fácil para a forte marcação do Madureira, que não demonstrava grandes pretensões ofensivas. Mas acabou abrindo o placar. Aos 28, em bola parada, Luiz Paulo aproveitou uma furada de Hudson, recuperou a bola e acertou o gol. Luiz Paulo quase fez mais um em bela jogada individual em que driblou Manoel e bateu para fora. Em seguida sentiu uma contusão e foi substituído. O atacante é vice-artilheiro do Carioca, com 6 gols. A melhor chance do Fluminense foi aos 40, quando Cazares encontrou Bobadilla livre na área. O atacante driblou o goleiro mas ficou sem ângulo e finalizou para fora.

SEGUNDO TEMPO

Atrás no placar, o Tricolor entrou mais ligado após o intervalo e passou a pressionar mais o time suburbano. Aos 13, Abel Hernandez fez boa jogada individual e foi derrubado na área. O árbitro marcou pênalti, que o próprio Abel cobrou, para igualar o placar. Em seguida, Roger Machado promoveu alterações que deixaram o Fluminense mais rápido e agressivo. A equipe aumentou a pressão e obteve a virada com uma de suas armas neste início de temporada: as bolas aéreas. Após cobrança de escanteio, Gabriel Teixeira chutou de primeira, o goleiro defendeu e a sobra ficou para Bobadilla que empurrou para dentro da rede. O terceiro gol foi marcado depois de bela troca de passes, que terminou com gol de Ganso de cabeça. Por fim, Gabriel Teixeira marcou um golaço após receber passe de Ganso e acertar o ângulo, sem chance para o goleiro Felipe Lacerda.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail