Gatito Fernandez chega a 58% de pênaltis defendidos em 2017

Goleiro pegou um pênalti com o Grêmio, na última partida

O goleiro Diego Alves chegou ao Flamengo com a reputação de pegador de pênaltis, construída nos tempos de Valencia com defesas em cobranças Cristiano Ronaldo e Messi. Desde que chegou ao clube carioca, porém, ainda não conseguiu fazer jus à fama e tomou gols de Neílton e Fabio Santos nas derrotas para Vitória e Atlético-MG, respectivamente.

No Rio de Janeiro, pegador de pênaltis mesmo tem sido outro: Gatito Fernandez.

O paraguaio foi fundamental para a vitória do Botafogo sobre o Grêmio, a primeira da equipe depois de cinco rodadas no Brasileiro. Isso porque ele pegou um pênalti cobrado por Marcelo Oliveira no final do primeiro tempo, quando a partida já estava 1 a 0 para a sua equipe.

Gatito Fernandez, goleiro do Botafogo (Crédito: Getty)
Gatito Fernandez, goleiro do Botafogo (Crédito: Getty)

"Ele treina muito, temos três grandes preparadores, mas tem mérito para o Gatito. Quem vai bater e olha o Gatito fala 'E agora?'", disse Jair Ventura, técnico do Botafogo, após a partida.

Gatito chegou ao Botafogo neste ano, depois de ter defendido o Figueirense na última temporada. O pênalti defendido contra o Grêmio foi o sétimo de um total de 12 cobranças que ele encarou até agora com a camisa do clube carioca, o que representa um aproveitamento de 58,3%.

Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com