Grêmio aceita oferta e Pedro Rocha deverá jogar na Rússia

Atacante deve ser vendido por R$ 45 milhões

Grêmio e Spartak Moscou estão próximos de fechar um negócio, mas não é por Luan. Depois das insistentes ofertas pelo atacante, os russos resolveram negociar por outro atacante: Pedro Rocha. Por um valor de 12 milhões de euros (cerca de R$ 45 milhões), o clube gaúcho aceitou liberar o jogador para realizar exames médicos e que deve viajar nos próximos dias para a Rússia.

Os direitos econômicos do jogador estão divididos entre o Grêmio e o Diadema, clube do interior de São Paulo. Os gaúchos possuem 70%, enquanto os outros 30% ficam a cargo dos paulistas.

As duas equipes têm até esta quinta-feira para fecharem o acordo, já que a janela de transferência para a Europa se encerra no dia 31. Apesar do prazo curto, tanto o Grêmio quanto o Spartak já se acertaram em relação a valor e forma de pagamento, e em breve o anúncio irá ocorrer. 

Pedro Rocha (Crédito: Grêmio)
Pedro Rocha (Crédito: Grêmio)

O time russo esteve muito perto de fechar com Luan durante toda a janela, mas não chegou a um acordo com o atleta. Na noite da última terça-feira, a intenção foi tentar o tudo ou nada com o jogador, e novamente ouviu a recusa. Já preparados para uma recusa, a alternativa foi partir para o plano B. A oferta foi aceita pelo Grêmio e agradou o atacante.

Contratado em 2012 para as categorias de base do clube, Pedro Rocha viveu altos e baixos até se firmar no Grêmio no ano passado. O atacante foi fundamental no título gremista na Copa do Brasil de 2016. Na decisão do torneio, Pedro Rocha marcou duas vezes contra o Atlético-MG, no Mineirão.




Fonte: Com informações da Espn