Grêmio é multado em R$ 50 mil por invasão de Carol Portaluppi

Filha de Renato Gaúcho invadiu o campo na final da Copa do Brasil

O Grêmio foi novamente multado por conta da entrada em campo da filha do técnico Renato Gaúcho, Carol Portaluppi, após a final da Copa do Brasil.

Em julgamento na manhã desta segunda-feira (19), a 5ª Comissão Disciplinar do STJD decidiu multar o clube gaúcho em R$ 50 mil por conta da invasão da jovem, baseado no artigo 213, inciso II, "deixar de prevenir e reprimir tal conduta".

Em sua defesa, o Grêmio alegou que Carol tinha credencial para acessar o campo. O Tribunal, no entanto, questionou como tal permissão foi dada e prometeu abrir inquérito para apurar o credenciamento, que é comandando pela CBF.

Carol Portaluppi (Crédito: Reprodução)
Carol Portaluppi (Crédito: Reprodução)

Os auditores do STJD que a autorização não deveria ser dada e é restrita a pessoas com funções específicas no jogo.

Mais multas

Carol já tinha sido alvo do mesmo tipo de polêmica recentemente, quando entrou em campo para comemorar a classificação do Grêmio à final da Copa do Brasil. O time superou o Cruzeiro em 2 de novembro, Portaluppi foi festejar com o pai e acabou gerando uma multa de R$ 30 mil.

A punição inicial do STJD determinava a perda de mando de campo do Grêmio, mas acabou sendo revista.

No julgamento desta segunda (19), o Grêmio ainda foi multado em R$ 10 mil por conta do uso de sinalizadores por parte da torcida e mais R$ 800 pelo atraso na divulgação da escalação antes da final - contra o Atlético-MG, que deu o título aos gaúchos.

Fonte: Com informações do Uol
logomarca do portal meionorte..com