Hernanes fala em 'última tentativa' de seguir no São Paulo

Meia ainda vai tentar convencer chineses do Hebei Fortune

Hernanes praticamente se despediu do São Paulo em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira. O Hebei Fortune, clube que havia emprestado o meia para o Tricolor até o fim da Copa, acionou uma cláusula no contrato para exigir a volta do jogador já agora.

Hernanes disse que ainda tentará convencer os chineses, mas a tendência é mesmo que volte para a Ásia já na semana que vem.

– Ainda vou fazer uma última tentativa, estando lá pessoalmente, tentar encontrar um caminho para permanecer – disse Hernanes, em coletiva ao lado de Raí e Ricardo Rocha, diretor executivo e coordenador de futebol do São Paulo.

– Sabemos que é difícil ainda, mas tem esse contato do Hernanes com o clube chinês, dirigentes e comissão técnica. Enquanto tiver esperança, vamos tentar – completou Raí.


Em sua entrevista, Hernanes falou em tom de despedida:

– Fiz contrato de três anos (com o Hebei Fortune) e tenho mais dois anos, sendo que em metade de 2017 o São Paulo assinou o empréstimo, mas com a condição de ter essa cláusula que o clube hoje exerceu. O São Paulo queria um ano de empréstimo, os chineses pediram seis meses e a cláusula. No começo de dezembro, eles exerceram a cláusula pedindo o retorno. Desde então, o São Paulo tem tentado de todas as formas me manter aqui. Conversei com dirigentes e treinador falando que seria importante permanecer, mas até então não teve jeito. Tenho de me reapresentar no dia 7 – disse Hernanes.

O meia afirmou que sai com a sensação de dever cumprido, principalmente por ter ajudado o São Paulo a evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

– É aquela máxima do Juscelino Kubitschek, cinquenta anos em cinco... foram três anos em seis meses. Agradeço, vai meu agradecimento. À medida em que a entrevista foi se estendendo, Hernanes foi dando cada vez mais mostras de que a volta é irreversível.

Fonte: Com informações do Globoesporte.com
logomarca do portal meionorte..com