Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Jogo do campeonato piauiense de futsal termina em pancadaria; vídeo

Em entrevista ao Meionorte.com, o presidente da Federação de Futsal do Piauí, Marcos Said, lamentou ocorrido e disse que está aguardando ainda o relatório da arbitragem responsável.

Compartilhe

Uma partida do campeonato piauiense de futsal terminou em briga no Ginásio Estação Cidadania, localizado no bairro Vale do Gavião, na zona Leste de Teresina, na noite desta sexta-feira, 20 de novembro. O jogo, realizado entre as equipes Belos e AABB/Mesa 14, foi transmitido pela TV Cajuína, no Youtube, onde mostra os momentos da confusão. 

Tudo começou quando o goleiro da equipe AABB/ Mesa 14, Joilton, teria sido expulso durante o jogo. Após o fim da partida, ele acabou se envolvendo em uma briga com um dos árbitros da partida. A partir de 1h10m da transmissão é possível ver o início da confusão.

Em entrevista ao Meionorte.com, o presidente da Federação de Futsal do Piauí, Marcos Said, lamentou ocorrido e disse que está aguardando ainda o relatório da arbitragem responsável pela partida para na próxima segunda-feira, 23 de novembro, baixar a portaria para as devidas possíveis punições.

Assista: 


Nas redes sociais, o instagram oficial da TV Cajuína publicou um vídeo com o direito de resposta do jogador da AABB/Mesa14, Johilton, envolvido no caso. Ele esclarece que nada justifica, mas que foi agredido primeiro pelo árbitro, identificado por ele apenas como 'Afonso e está saindo injustiçado. 

'“O que aconteceu que fui expulso injustamente. Fui questionar o motivo pelo qual ele tinha me expulsado, atrapalhando minha equipe. É um árbitro arrogante, prepotente, não tem diálogo com os atletas, usa o cartão e o apito como arma, tira sarro e intimida. Quando fui falar com ele, ele simplesmente deu um murro na minha mão. Ele me agrediu primeiro. Eu revidei. O irmão dele veio por trás me dar um murro, me jogou no chão. Em nenhum momento o pessoal da comissão do nosso time agrediu eles”, explicou. Veja abaixo o direito de resposta na íntegra.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar