A ju?za da 8? Vara da Fazenda P?blica, Aid? Ouais, deu nesta segunda-feira um prazo de 24 horas para que a diretoria do Esporte Clube Bahia S/A seja afastada, em consequ?ncia do desabamento de parte do anel superior da arquibancada da Fonte Nova, no m?s passado, que provocou a morte de sete pessoas e deixou outras 87 feridas.

Na senten?a, a magistrada tamb?m imp?e que a Confedera??o Brasileira de Futebol (CBF) e a Federa??o Bahiana de Futebol (FBF) n?o organizem e nem realizem partidas de futebol em est?dios baianos que apresentem condi?es indevidas.

De acordo com a decis?o publicada no Di?rio do Poder Judici?rio, os dirigentes do Bahia devem ser afastados por terem permitido que eventos desportivos fossem realizados no Est?dio Ot?vio Mangabeira, conhecido como Fonte Nova.

Segundo a ju?za, os dirigentes j? tinham conhecimento pr?vio das prec?rias e estarrecedoras condi?es do est?dio. (O clube se omitiu) quanto ? ado??o das dilig?ncias necess?rias para garantir a seguran?a dos torcedores", completa a senten?a. Os advogados do Bahia informaram que v?o recorrer da decis?o.