Lewis Hamilton desabafa após assalto e tiros contra equipe em SP

"Por favor, façam uma oração para meus caras", pediu.

Profissionais das equipes da Mercedes e da Williams sofreram um assalto a mão armada na noite desta sexta-feira (10) na saída do autódromo de Interlagos. Não houve feridos pelos primeiros relatos, mas a situação gerou uma crítica dura de Lewis Hamilton.

O tetracampeão usou as redes sociais para externar a preocupação com a falta de segurança na região do circuito paulistano. Já que não é a primeira vez que profissionais da F1 são vítimas da violência em São Paulo. Por meio de seu perfil no Twitter, Hamilton revelou que os criminosos chegaram a disparar tiros no momento da abordagem na van que trazia os membros da Mercedes. Além disso, as pessoas ficaram na mira das armas. Ainda que ninguém tenha se referido, alguns pertences foram roubados.

"Alguns dos membros da minha equipe foram colocadas na mira de armas de fogo ontem à noite quando deixavam o circuito aqui no Brasil", escreveu o piloto inglês. 

"Tiros foram disparados, armas foram colocadas nas cabeças de algumas pessoas. É muito decepcionante saber disso. Por favor, façam uma oração para meus caras, que estão aqui como profissionais mesmo que mexidos", completou.

 Lewis Hamilton (Crédito: Grande Prêmio)
Lewis Hamilton (Crédito: Grande Prêmio)


Fonte: Grande Prêmio
logomarca do portal meionorte..com