Lewis Hamilton vence de ponta a ponta na Inglaterra

O brasileiro Felipe Massa terminou na 10ª colocação

Depois de largar na frente, Lewis Hamilton subiu ao lugar mais alto do pódio pela quarta vez consecutiva no Grande Prêmio de Silverstone, a quinta na carreira, na manhã deste domingo, fazendo também a volta mais rápida da corrida.  Valtteri Bottas, em corrida de recuperação, terminou na segunda posição, enquanto Kimi Raikkonen completou o pódio. O brasileiro Felipe Massa terminou na 10ª colocação.

Além de ver o rival na briga pelo título vencer a prova, Sebastian Vettel teve uma corrida para esquecer. Nas voltas finais ele chegou a recuperar a terceira posição após Kimi Raikkonen ter problemas com o pneu e Verstappen ir aos boxes também, mas logo em seguida foi a vez do alemão ver o pneu dianteiro esquerdo estourar e, com uma passagem a mais pelos boxes, terminou apenas em sétimo. 

Agora a liderança do Campeonato de Pilotos segue nas mãos de Vettel, que soma 177 pontos, mas Lewis Hamilton aparece logo em seguida, com 176. Bottas é o terceiro, com 154.

Lewis Hamilton (Crédito: Getty)
Lewis Hamilton (Crédito: Getty)

A tão esperada chuva não veio, mas corrida teve 51 voltas ao invés das 52 previstas. Isso porque o carro de Jolyon Palmer ficou parado no grid e os carros foram obrigados a fazer duas voltas de apresentação.

Na largada, Lewis Hamilton disparou na ponta, enquanto Raikkonen e Vettel brigavam pela segunda posição. O finlandês levou a vantagem, enquanto o alemão viu Verstappen roubar-lhe a terceira posição. Bottas, que havia largado em nono, rapidamente subiu para as primeiras posições, aparecendo em quinto já na sétima volta.

A briga entre Vettel e Verstappen foi um dos destaques da prova. A Ferrari teve até que antecipar a ida do alemão aos boxes, para ganhar a posição do holandês na pista, já que a Red Bull demorou 1 segundo a mais na troca de pneus.

Mas Vettel voltaria a ser pressionado, desta vez por Bottas. Muito mais rápido, o finlandês não teve dificuldades em deixar o alemão para trás, ajudando Hamilton e a si mesmo na briga pelo título do campeonato.

A Fórmula 1 volta a ter prova daqui duas semanas, com o Grande Prêmio da Hungria no dia 30 de julho. 

Fonte: Com informações da Espn