Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Luiz Adriano prevê vantagem para times que já retomaram aos treinos

Flamengo, Inter, Grêmio e Atlético-MG já retomam treinos e estão com vantagem

Compartilhe

Em uma decisão que frustrou os clubes paulistas, o governo estadual definiu o dia 1º de julho como data para retomar os treinamentos. Ainda em rotina de atividades a distância, o palmeirense Luiz Adriano prevê certa vantagem dos times que voltaram antes aos trabalhos presenciais, casos de Flamengo, Inter, Grêmio e Atlético-MG, por exemplo.Informações da Gazeta Esportiva.

“É claro que quem já está treinando vai estar na frente dos demais. É natural essa vantagem, pensando no início do Campeonato Brasileiro, mas o Brasil é um país imenso e cada estado tem seu tempo para retornar”, afirmou Luiz Adriano em entrevista à Gazeta Esportiva.

Luiz Adriano jogando no Palmeiras. Foto: Cesar Greco

Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, já reiterou que as atividades na Academia de Futebol serão retomadas apenas com aval das autoridades sanitárias. Para ganhar tempo, no entanto, o clube alviverde iniciou na última quinta-feira os testes para covid-19.

“O futebol só está seguindo o retorno de acordo com as liberações de cada cidade e estado”, disse Luiz Adriano, compreensivo. “Não dá para exigir que todos retornem juntos, mas, sem dúvida, nós vamos trabalhar o dobro para estar no mesmo nível dos demais”, completou.

Impossibilitado de utilizar a Academia de Futebol, o Palmeiras montou um cronograma de trabalhos a distância. Com o time fazendo apenas atividades físicas de maneira remota desde o começo de maio, Luiz Adriano espera algum sofrimento físico na retomada.

“Tivemos um campeonato em alto nível interrompido e, embora estejamos treinando e procurando manter o físico ideal, não chega nem perto do que era o nosso dia a dia. É normal que, na volta, a gente sinta a parte física e a falta de ritmo, mas também acredito que vamos recuperar bem na sequência do trabalho”, declarou.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar