O volante Maycon não escondeu sua emoção ao falar sobre o que pode ter sido sua despedida da Arena Corinthians. Acertado com o Shakhtar Donetsk-UCR desde abril, mas sem confirmação oficial de nenhum dos clubes, o meio-campista tentou manter o discurso de que não sabe qual será o seu destino. Ao ser questionado sobre o que sentiu ao entrar em campo, no entanto, seus olhos marejaram.

“Realmente passa um filme na cabeça, tudo que eu vivi aqui dentro do clube, dentro desse estádio também. Realizei um sonho na minha carreira, um sonho que eu pensava desde quando era criança”, começou o camisa 8, bicampeão paulista e campeão do Brasileiro com a camisa do Timão, clube que defende desde as categorias de base.

 (Crédito: Sergio Barzaghin/Gazeta Press)
(Crédito: Sergio Barzaghin/Gazeta Press)

“Eu batalhei muito para chegar onde eu cheguei até aqui. Fui reserva em alguns momentos durante a categoria de base, depois consegui virar titular, fui capitão na Copa São Paulo, fiz gol. Depois subi para o profissional, tive que passar um tempo na Ponte Preta, depois voltei para jogar aqui”, relembrou o alvinegro, que deve se juntar ao time ucraniano durante seu período de férias.

“Para o Maycon existe uma conversa há muito tempo, essa sim é uma possibilidade real”, reconheceu o diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, sem também dar como concluída a tratativa. Isso só deve acontecer após a partida contra o Bahia, quarta-feira, na Fonte Nova.