Neymar conversou com Daniel Alves antes de assinar com o PSG

Ele ajudou o craque a tomar a decisão de deixar o Barça.

Um dos destaques do Paris Saint-Germain no início desta temporada, o lateral-direito Daniel Alves afirmou em entrevista ao jornal "Le Parisien" que deixou de assinar com o Manchester City para jogar no clube francês por conta do apelo dos amigos quem tem em Paris. Ele revelou também que conversou com Neymar durante um período de férias no Brasil e ajudou o craque a tomar a decisão de deixar o Barcelona para jogar na França.

Neymar e Daniel Alves (Crédito:  Marcos Ribolli)
Neymar e Daniel Alves (Crédito: Marcos Ribolli)

"Sabia que ele queria outras coisas, que queria deixar o Barcelona. Conhecia suas intenções (desde junho, quando ambos defenderam a Seleção). Disse para Neymar que ele era livre para escolher. Mas começou a duvidar quando iniciou a pré-temporada com o Barcelona. Nesse momento me disse que não poderíamos voltar a jogar juntos se não fosse no Barcelona. Mas no final funcionou. Veio e estou muito feliz. Hoje posso garantir que nosso desejo é fazer grandes coisas, inclusive mais do que fizemos no passado",  revelou Daniel Alves.

Daniel Alves também esclareceu a polêmica envolvendo Neymar e Cavani no Paris Saint-Germain, em um lance no qual o lateral pegou a bola da mão do uruguaio para cobrar uma falta, mas foi o atacante brasileiro que bateu a falta:

"Houve muita confusão. Não sou o pai de Neymar. Sou amigo, seu irmão. Também não sou o pai de Cavani. Peguei a bola para bater, mas Cavani e Neymar também queriam. São coisas que acontecem. É bom discutir as coisas", disse. 




Fonte: Globo Esporte
logomarca do portal meionorte..com