Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Presidente de honra do Nacional de Rolândia é morto por ex-jogador

José Danilson Alves de Oliveira, de 58 anos, foi morto após discussão na noite desta quarta-feira

Presidente de honra do Nacional de Rolândia é morto por ex-jogador
José Danilson era presidente do Nacional de Rolândia | Divulgação/Nacional Atletico Clube
Compartilhe

O presidente de honra do Nacional de Rolândia, José Danilson Alves de Oliveira, de 58 anos, morreu depois de ser esfaqueado, na noite desta quarta-feira, na cidade de Rolândia. O jogador Vinícius Corsini, de 28 anos, foi preso suspeito de cometer o crime, segundo a Polícia Civil. As informações são do G1/PR.

José Danilson era presidente do Nacional de Rolândia


De acordo com as investigações, Danilson teria sido abordado pelo jogador. Houve uma discussão e, na sequência, ele teria sido atingido pelas facadas. Ainda conforme a polícia, o jogador tentou fugir, mas foi contido por populares até a chegada da equipe policial.

José Danilson chegou a ser levado para o Hospital do Coração, em Londrina, e passou por uma cirurgia, mas não resistiu. Ele também era sargento aposentado da Polícia Militar e foi vereador e vice-prefeito de Rolândia entre 2013 e 2017.

A reportagem tenta localizar a defesa do jogador.

O Nacional de Rolândia está na segunda divisão do futebol paranaense e se prepara para estrear na Série D do Brasileiro.

Luto

A Prefeitura de Rolândia decretou luto oficial na cidade em memória de José Danilson.

"O município perdeu hoje um de seus ícones na política e no esporte. Danilson era presidente de honra do Nacional Atlético Clube, time de futebol mais longevo do norte do estado, que é o atual campeão da Taça Federação Paranaense de Futebol e que disputará um campeonato brasileiro após 20 anos de espera. Ele deixa um legado de amizade, respeito, admiração e muito trabalho por Rolândia".

Até a publicação da reportagem, o horário do velório e do sepultamento ainda não tinham sido divulgados.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar