Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Ostapenko: "Daiane só compete para ajudar e não tem chance de ganahr nada"

Ostapenko: "Daiane só compete para ajudar e não tem chance de ganhar nada"

Ostapenko: "Daiane só compete para ajudar e não tem chance de ganahr nada"
Ostapenko: ""Daiane só compete para ajudar e não tem chance de ganhar nada"" | G1
Compartilhe

O t?cnico da sele??o brasileira de gin?stica, Oleg Ostapenko, criticou o comportamento das atletas brasileiras. Em entrevista ao jornal ?Folha de S?o Paulo?, antes da apresenta??o da equipe no Mundial de Stuttgart, na Alemanha, o ucraniano afirmou que Daiane dos Santos s? compete para ajudar a equipe, j? que n?o pode treinar direito por causa das dores. Ostapenko aposta em Jade Barbosa para as competi?es do pr?ximo ano.

- Com 24, 25 anos, o homem est? no seu auge f?sico, j? a mulher, n?o. Sente quando chega a essa idade. Daiane, hoje, s? compete para ajudar a equipe. N?o tem chance de ganhar nada. E a La?s n?o est? 100 por cento. S? a Jade tem chance no individual geral, no salto e no solo. Ela com certeza ser? uma prioridade para 2008 ? afirma o ucraniano, que ainda comentou sobre La?s Souza n?o cuidar do peso.

- A gin?stica ? um esporte de impacto, ?s vezes machuca. Mas o fato de as brasileiras n?o mentalizarem que suas a?es refletem na equipe ? o problema. A La?s pesa 46 kg, mas volta das f?rias com 51 kg. A? faz um movimento, que antes fazia normalmente, sente o impacto maior e se contunde - diz o t?cnico.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar