Paulinho admite sacrifício financeiro para jogar no Barcelona

Time chinês está dificultando a negociação com os catalães

Não será o dinheiro que impedirá Paulinho de vestir a camisa do Barcelona. Em entrevista para a Fox Sports da Ásia, o volante da Seleção Brasileira deixou bem claro que planeja jogar pelo time catalão de qualquer forma, mesmo que signifique ganhar menos do que ganha no Guangzhou Evergrande.

"O dinheiro não é um problema para mim. Em 2011, quando jogava no Corinthians, rechacei uma oferta da Rússia em que me ofereciam dez vezes mais do que ganhava no Brasil", afirmou Paulinho.

Paulinho (Crédito: Getty)
Paulinho (Crédito: Getty)

"Não vim para a China pelo dinheiro, então se o Barcelona me oferecer um salário mais baixo do que tenho agora, aceitarei da mesma forma", garantiu o jogador, peça chave na seleção de Tite.

O Guangzhou faz jogo duro para liberar o jogador, um dos destaques do time comandado por Luis Felipe Scolari. Na última semana, o clube chinês emitiu nota agradecendo o interesse do Barcelona, mas afirmando que o atleta não estava à venda.

Paulinho, no entanto, segue pressionando a diretoria para defender o time espanhol. "Terei a possibilidade de jogar a Champions com grandes estrelas", disse.

"O fato do Guangzhou não ter respondido o Barça me surpreende. No entanto, ainda não conversei com o presidente, mas espero que o clube seja capaz de chegar a um acordo com os blaugrana", declarou, antes de se reunir com Felipão e também o mandatário do clube, Xu Jiayin.


Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com