Payet "proíbe" filhos de falar o nome de Cristiano Ronaldo

Jogador brincou sobre a admiração dos filhos ao craque português

Jogador de 29 anos, Dimitri Payet não esconde que uma das maiores decepções de sua carreira até aqui foi o vice-campeonato da Eurocopa deste ano. Sua seleção, a francesa, foi para a decisão como favorita, mas acabou derrotada por 1 a 0 por Portugal, o gol de Éder saiu no segundo tempo da prorrogação. O descontentamento foi tanto que ele não gosta de se lembrar disso nem quando está em casa, o que acabou resultando numa atitude um pouco mais radical do jogador.

Em uma entrevista descontraída ao jornal "L'Équipe", o meia que defende o West Ham brincou ao relatar a admiração dos seus filhos por craques como Cristiano Ronaldo e disse que os proibiu de pronunciar o nome do português em casa desde a derrota na Eurocopa.

"Eu tenho crianças, então eu entendo a imagem que os jogadores de futebol têm - contou. Eles são fãs de Ronaldo e Messi. Desde a Euro 2016, no entanto, eles não têm o direito de pronunciar o nome do Ronaldo" (risos).

Payet (Crédito: Reprodução)
Payet (Crédito: Reprodução)

Payet revelou que a idolatria das crianças por Cristiano Ronaldo é tanta que eles até imitam alguns gestos do craque.

"Ele são fãs de alguns jogadores, eu vejo nos olhos deles. Eles admiram e tentam imitar seus gestos, suas palavras, suas comemorações", disse.

Décimo quinto colocado do Campeonato Inglês, o West Ham de Dimitri Payet volta a campo neste sábado para enfrentar o Hull City, no Estádio Olímpico de Londres.



Fonte: Com informações do GloboEsporte.com
logomarca do portal meionorte..com