PSG marca nos acréscimos e vence Metz pelo Campeonato Francês

PSG entrou em campo nesta terça precisando da vitória.

Em jogo atrasado da rodada 31 do Campeonato Francês, o Paris Saint-Germain visitou o Metz e conquistou uma vitória suada pelo placar de 3 a 2. A partida caminhava com tranquilidade para o PSG até a metade do segundo tempo, quando a equipe de Paris vencia por 2 a 0, no entanto, o Metz correu atrás do resultado e empatou aos 43 do segundo tempo. Já nos acréscimos, o francês Matuidi marcou de cabeça e garantiu a vitória dos visitantes.

Pressionando o time da casa, que adotou uma postura defensiva, o PSG conseguiu marcar com o artilheiro Cavani e o volante Matuidi. O brasileiro Lucas ainda perdeu um gol incrível no primeiro tempo. No segundo tempo, o Metz mostrou poder de reação e descontou em bela cobrança de falta. Aos 43 minutos, empatou com o atacante Diabaté. O PSG virou nos acréscimos, novamente com Matuidi.

O PSG entrou em campo nesta terça precisando da vitória para encostar no líder do Francês. Com o resultado positivo, a equipe de Paris empatou no número de pontos com o Monaco, líder da competição, que tem 77 e um jogo a menos. Já o Metz manteve a 15ª posição.

PSG domina primeiro tempo – O clube parisiense encontrou um adversário que apostou no sistema defensivo desde o apito inicial do juiz. Quando a bola começou a rolar, o Metz passou a jogar com os dez atletas de linha atrás da linha da bola. A proposta deu certo até os 33 minutos, quando o PSG abriu o placar com o artilheiro uruguaio Cavani aproveitando cruzamento da esquerda.

Minutos antes do primeiro gol, o atacante brasileiro Lucas protagonizou um lance bizarro. O jogador ex-São Paulo recebeu cruzamento da direita e, com o gol livre, finalizou mascado e mandou a bola para o meio da área, desperdiçando um gol incrível.

O PSG cresceu na partida e viu o Metz se perder na marcação. Perto do fim da primeira etapa, o clube de Paris ampliou. O lateral esquerdo Maxwell cruzou na medida para o volante francês Mautidi, que dominou e finalizou de perna direita: 2 a 0.

Metz corre atrás – O panorama do primeiro tempo refletiu na segunda etapa. Mesmo precisando de gols para não sair de campo com o resultado negativo, o Metz não conseguiu criar jogadas ofensivas.

A equipe até permaneceu mais com a bola, mas não conseguiu trabalhar com qualidade. Em um dos únicos lances de perigo, a zaga do PSG se atrapalhou e deixou a bola livre para Doukoré finalizar, mas o volante finalizou para fora.

O Metz voltou a deixar o jogo movimentado nos minutos finais. Em bela cobrança de falta, o atacante Jouffre bateu de perna esquerda e mandou a bola por cima da barreira, caindo no canto direito do goleiro Kevin Trapp e descontou: 2 a 1.

Com o apoio da torcida, o Metz conseguiu empatar. A zaga do PSG vacilou e deixou o atacante Diabaté livre para escorar e empatar a partida. O time da casa ainda quase virou, aos 44 minutos do segundo tempo, com Jouffre cobrando falta no travessão.

Com o jogo totalmente aberto e em ritmo eletrizante, o PSG conseguiu marcar o gol da vitória. Em blitz, Pastore levantou na cabeça do volante francês Matuidi, que testou com categoria e balançou as redes, garantindo os três pontos para o clube de Paris.

Fonte: Gazetaesportiva
logomarca do portal meionorte..com