Vini Jr está com dificuldades para conseguir o passaporte espanhol. Com isso, o Real Madrid quebra a cabeça para tomar algumas decisões importantes na próxima janela de transferências com relação a Reinier e Gabriel Jesus.

Na Espanha, uma equipe pode contar com apenas três jogadores extracomunitários no elenco. Além do autor do gol da decisão da Champions League, o clube merengue também conta com Rodrygo e Éder Militão na mesma situação.

PROBLEMAS NO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

Vini Jr chegou na Espanha em 2018, um ano antes dos outros dois compatriotas, e já completou o processo necessário para obter o passaporte espanhol. No entanto, não há uma data específica para que a operação seja concluída.

Segundo explicou Pedro Jiménez, jornalista e licenciado em direito, no programa "El Larguero", o jovem de 21 anos solicitou a nacionalidade espanhola por residência no ano passado. Porém, há um enorme gargalo de pedidos atrasados no Ministério da Justiça desde 2016.

Pendência na emissão do passaporte de Vini Jr preocupa o Real Madrid. (Foto:  Franck Fife - AFP)Pendência na emissão do passaporte de Vini Jr preocupa o Real Madrid. (Foto:  Franck Fife - AFP)

De acordo com o jornalista, a solicitação de Vini Jr é mais uma dentro de um universo de 300 mil que ainda precisam do aval do órgão responsável pela emissão do passaporte espanhol. Além disso, apenas 30 funcionários do Ministério são responsáveis por este procedimento. Jiménez também completou dizendo que entre 50 e 60 mil pedidos são concluídos por ano.

JOGADORES AFETADOS

Esse atraso é um problema para o Real Madrid, pois não é possível contar com outros extracomunitários no elenco enquanto a situação de Vinícius Júnior não se resolver. É nesse ponto que Reinier e Gabriel Jesus entram em cena.

Segundo apurou o LANCE!, Reinier será emprestado, novamente, na próxima temporada pelo clube merengue, pois não tem espaço no elenco. Além do camisa 20, Rodrygo e Militão são considerados peças importantes para o técnico Carlo Ancelotti.

 Gabriel Jesus foi oferecido para o clube merengue e o nome agradou aos dirigentes do Santiago Bernabéu. No entanto, para a chegada do atleta da Seleção Brasileira, o Real Madrid teria que se desfazer de um dos três brasileiros que não possuem o passaporte espanhol.

Além dos dois, o nome de Richarlison também já foi ventilado na capital espanhola, principalmente após a contratação de Ancelotti, mas o jogador do Everton iria enfrentar o mesmo problema dos outros compatriotas.

Com isso, o Real Madrid não pode se dar ao luxo de buscar jogadores sul-americanos ou asiáticos neste momento, enquanto a situação de Vini Jr não for concluída. Na Espanha, a torcida é para que o processo termine com um final feliz, mas com uma certa urgência.

Com informações Lance!