Ricardo Rocha é o novo coordenador de futebol do São Paulo

Ex-zagueiro vai se apresentar no dia 3 de janeiro

O ex-zagueiro Ricardo Rocha aceitou proposta para ser o novo coordenador de futebol do São Paulo. Ele se apresentará ao clube no dia 3 de janeiro e trabalhará bastante próximo a Raí, que comanda o departamento. Os dois tiveram êxito juntos como jogadores. No Tricolor, foram campeões brasileiros em 1991, e na seleção brasileira conquistaram a Copa do Mundo de 1994.

Ricardo Rocha estava trabalhando como comentarista do SporTV desde a Copa do Mundo de 2014 e já acertou sua saída com a direção do canal. A informação foi publicada pelo site da ESPN.

– O convite veio do Raí, ele me procurou, e eu gostei do que ele me apresentou. Essa conversa foi importantíssima para a minha mudança. É claro que estava cômodo na televisão, mas eu pensava um dia em voltar ao campo, não como treinador, mas pensava em voltar – disse Ricardo Rocha, ao canal do São Paulo no Youtube.

– Nessa conversa ele expôs o que ele queria. Na realidade, a grandeza do São Paulo, resgatar tudo que é o São Paulo. Eu acredito nesse resgate, começando por ele, um dos maiores ídolos do São Paulo – completou.

O novo coordenador tricolor é visto como uma pessoa agregadora, de fácil relacionamento e espírito de liderança. Ele foi um dos capitães daquela seleção do tetra, junto ao xará Ricardo Gomes, ao próprio Raí e a Dunga, que acabou levantando a taça.

Ricardo Rocha é o novo coordenador de futebol do São Paulo
Ricardo Rocha é o novo coordenador de futebol do São Paulo


– Eu vou ser esse elo entre campo e direção. Tenho muito conhecimento, como fiquei três anos e meio na imprensa, e muito conhecimento fora de campo, conhecendo muita gente dentro e fora do Brasil, então isso vai ser muito importante – disse Ricardo Rocha.

Sua contratação não impede um possível retorno de Diego Lugano para o Morumbi. O uruguaio, que se despediu da equipe em dezembro, na última rodada do Campeonato Brasileiro, conversou com a diretoria sobre a possibilidade de atuar no departamento de futebol. Ele está propenso a aceitar.

Se isso acontecer, Lugano ficaria mais dentro do campo, próximo do elenco, enquanto Ricardo Rocha seria um elo entre ele e Raí, entre o que acontece no dia a dia do CT da Barra Funda e o planejamento do futebol. Desde o primeiro dia, quando se apresentou, Raí deu a entender que montaria uma equipe para trabalhar com ele.

Nos últimos anos, foram poucas as vezes que o São Paulo dividiu o comando do futebol. O clube foi habitualmente tocado de forma personalista. Essa é uma mudança sensível da gestão de Raí, além do fato de apostar em ex-jogadores para fazerem esse trabalho.

Fonte: Globo Esporte
logomarca do portal meionorte..com